Militares do Exército Brasileiro são atacados por criminosos na favela do Muquiço

Viatura atingida pelos tiros é do mesmo modelo acima - Foto: Anderson Gabino

Por volta das 11h deste domingo (7), militares do Exército Brasileiro (EB) foram atacados a tiros por traficantes na favela do Muquiço, em Guadalupe, na Zona Oeste do Rio. A tropa respondeu à agressão, reorganizou-se e recebeu reforços de outros efetivos do próprio Exército, para assegurar a estabilização da área.

O Comando Militar do Leste (CML), informou que a tropa realizava patrulhamento de rotina na região (na localidade há uma pequena vila residencial militar), e quando os militares que estavam em duas viaturas blindas ‘Lince’, recém adquiridas para a utilização nas operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Rio de Janeiro, passaram por um beco foram atacados.

Se não fosse a blindagem o resultado sobre a tropa seria bem diferente, o que apenas confirma o acerto na aquisição desse tipo de veículo para as peculiaridades da violência criminal do Rio de Janeiro. A Polícia Militar confirma que policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) e 41º BPM (Irajá) estão no local, assim como o Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Com informações do Comando Militar do Leste

17 COMENTÁRIOS

  1. E guerra que eles querem, então vão ter, porque eles são treinados pra guerra e não podem reagir porque se pudessem ia ser um banho de sangue e na guerra não tem mulher idosos e crianças adolescentes tem um objetivo eliminar o inimigo custe o que custar, direitos humanos só pra vagabundo, polícia não é ser humano, cadê o direitos humanos no enterro de um policial, Essa instituição de vagabundos, não passa de uma máquina de fazer dinheiro encima do problema social porque eles nao vão fazer trabalho social, nas escolas, creches recuperação dos drogados, dar cidadania , não querem não dá lucro
    Não ganha dinheiro, isso é a lembrança desses governos desde o Brizola de democracia,. dar razão a vagabundos.ladroes, terroristas até essa última vagabunda Dilma que devia estar presa a muito tempo, assassina,sequestrador,roubo a banco e terrorismo jogar bomba em supermercado matando criancas, mulheres, trabalhadores, isso essa cachorra e os seguidores dela esqueceram

    • Concordo com cada palavra sua Você está repleto de razão.Direitos humanos só pra bandidos?Essa desgraça começou no governo daquele demagado pilantra Brizola e combinou nos governos Lula e Dilma,dois bandidos de igual índole.

  2. Isso e apenas o começo de uma ofensiva mais ousada da criminalidade do Brasil e em especial do Rio de janeiro enquanto não eliminarmos os criminosos no STF e no congresso nacional e no senado federal essa será a rotina dos militares no governo Bolsonaro confronto real e baixas contínuas.

  3. É como já foi dito…se ficar nesse “chove e não molha”; o Exército Brasileiro está só pagando “mico”, pra traficante/bandido e pra turma da “Foice”; por que está tudo como dantes…nas favelas do Arantes…Resumo: O Exército é o intruso/indesejado e a bandidagem é a vítima com a defesa da Turma da Foice…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here