Ministro da Defesa prestigia ingresso de novos alunos na EsPCEx

Google News

Brasília (DF), 20/02/2021 – Neste sábado (20), 423 jovens ingressaram na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), em Campinas, São Paulo. Eles iniciam uma nova jornada em suas vidas, a preparação para abraçarem a carreira militar. A cerimônia contou com a presença do Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, que acompanhou o Presidente da República, Jair Bolsonaro.

PR, MD e ministros.jpg

“Essa escola marcará para sempre a vida de vocês. Nós precisamos de bons homens e mulheres para nos substituir no futuro. Esse objetivo nós alcançaremos”, discursou o Presidente da República dirigindo-se aos estudantes.

A solenidade formaliza a matrícula dos estudantes na Escola de Cadetes. O aluno mais novo admitido na Instituição, abriu os portões, como manda a tradição. O carioca Kayo Gabriel dos Santos Mendes, 17 anos, não escondia a emoção pela conquista que alcançou. Ele teve uma rotina intensa de estudo durante o ano passado.

“É extremamente gratificante participar de uma instituição como a ESPCEx, me dediquei muito para lograr esse êxito. Saber que todo esforço foi recompensado é uma das melhores sensações do mundo”, comemorou. O futuro cadete espera um ano de inúmeros aprendizados, não só intelectuais, mas também morais e éticos, “levarei para toda minha vida”, enfatizou.

Kayo.jpg

Um a um, os novos estudantes passaram pelo portão da Escola em direção ao túnel de acesso ao prédio principal, ainda em trajes civis, uniformes militares ou uniformes de colégios militares de origem. Esse momento simboliza um ato voluntário de eterno compromisso com o Exército Brasileiro, principalmente o de honrar as suas tradições, valores, deveres, ética e raízes históricas, o respeito à hierarquia e à disciplina. É também o início de uma carreira dedicada ao cumprimento do dever e à Pátria.

Alunos entrando.jpg

Em seguida, na Praça Cidade de Campinas, na EsPCEx, os alunos desfilaram vestindo a farda camuflada dos militares, em passos sintonizados e portando fuzis. Esta é a primeira formatura dos estudantes como integrantes da Força Terrestre. Após entoarem o hino nacional, o Comandante do Corpo de Alunos, Tenente-Coronel Carlos Barboza, apresentou o corpo discente.

Alunos fuzis.jpg

Na solenidade, cada estudante recebeu, das mãos de seu padrinho ou madrinha, a Boina Azul-Ferrete, símbolo do aluno e do Sistema de Ensino do Exército. O Presidente Jair Bolsonaro entregou a boina a uma das estudante. Familiares orgulhosos abraçaram os jovens que estavam concretizando um sonho, depois de dedicação aos estudos. Para conseguir a aprovação, eles concorreram com cerca de 40 mil candidatos e se tornarão oficiais combatentes.

entrega boina.jpg

O Comandante da EsPCEx, Coronel Flávio Moreira Mathias, lembrou que o dia de hoje será marcado para os estudantes como o início de uma nova caminhada na carreira militar. “Serão jornadas intensas de estudo, exercícios físicos, sacrifício de horas de lazer e dedicação. Entretanto, nada é impossível para aqueles que têm disciplina, determinação e força de vontade”, disse.

Esse é o quinto ano que a ESPCEx recebe mulheres em seu corpo discente, foram 39 jovens aprovadas. Rafaela Pettersen, 18 anos, é uma delas. Natural de Belo Horizonte, estudou no Colégio Militar da capital mineira e se inspirou nos militares da instituição para ingressar no Exército. A futura cadete conta que a preparação para a prova foi bastante intensa, enfrentando as dificuldades impostas pela pandemia e conciliando os estudos para a prova em paralelo ao último ano letivo do ensino médio.

Rafaela diz que a expectativa é de crescimento pessoal e profissional. “O sentimento mais intenso ao entrar na ESPCEX é o orgulho de ingressar no Exército Brasileiro. É uma honra fazer parte dessa instituição tão respeitada e importante para a nação brasileira”, ressaltou.

Rafaela.jpg

Outra aluna, a brasiliense Beatriz Azevedo, 20 anos, teve o pai como maior inspiração. Para ela, o Exército oferece oportunidades de crescimento e amadurecimento. “Sei que a rotina militar exige muito, mas por ser meu sonho, darei o meu melhor em todos os desafios que vierem pela frente”, garantiu.

Beatriz.jpg

A cerimônia foi prestigiada também pelo Comandante do Exército, General Edson Leal Pujol, pelo Ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos, pelo Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, pelo Prefeito de Campinas, Dário Saadi, além de demais autoridades civis e militares.

Alunos drone.jpg

A trajetória

Para ingressar na EsPCEx, o estudante passa por duas fases de seleção. A primeira é a prova escrita e a segunda é a Inspeção de Saúde, do Exame de Aptidão Física e do Exame de Avaliação Psicológica.

Após um ano de internato na instituição, eles ingressarão na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), em Resende, no Rio de Janeiro, onde darão continuidade à formação militar por mais quatro anos, quando serão declarados Aspirantes a Oficial do Exército.

Devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, o público do evento foi restrito. Todos os convidados passaram por triagem e seguiram recomendações sanitárias.

Especexfotodrone.jpg

Por Mariana Alvarenga
Fotos: Isac Nóbrega, José Dias/PR, Eduardo Rodrigues, Soldado Bernardino e Tiago Cardoso/EsPCEx

Confira os destaques da semana:

Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071




Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here