Netanyahu diz que Irã está por trás de ataque a navio de propriedade de Israel

Imagem ilustrativa com arte redação OD e foto IDF.

Google News

Israel certamente retaliará após alegado ataque do Irã no Golfo de Omã. Ataques com mísseis contra alvos iranianos em terrotório sírio ja aconteceram no domingo a noite (horário local).

O ataque que aconteceu contra navio de propriedade de israelenses ‘cruzou a linha vermelha’, dizem altos funcionários do governo israelense e afirmação do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Israel não tem escolha a não ser reagir em resposta ao recente ataque contra um navio de propriedade israelense , um oficial de segurança sênior disse à emissora pública de Israel Kan no domingo, com o Irã como o culpado estimado.

O governo israelense considera o ataque como “cruzando a linha vermelha”, acrescentou o relatório. A natureza da resposta não foi detalhada no relatório, mas se realizada, poderá ocorrer nos próximos dias mesmo com um ataque que já ocorreu no domingo contra posições iranianas em Damasco.

Na sexta-feira, uma explosão atingiu um navio de carga israelense navegando pelo Golfo de Omã, um incidente que renovou as preocupações sobre a segurança do navio em meio à escalada das tensões entre os EUA e o Irã.

O estabelecimento de segurança israelense apontou um dedo acusatório para Teerã, com o ministro da Defesa, Benny Gantz, dizendo que, de acordo com uma avaliação inicial, “o Irã foi o responsável, mas ainda deve ser verificado ”.

Enquanto isso, novos detalhes surgiram sobre o método em que o ataque contra o MV Helios Ray foi realizado.

De acordo com a agência de notícias israelense N12 , as descobertas israelenses sugerem que o navio de carga não foi atacado por um míssil, mas por uma unidade de comando.

Um dispositivo explosivo foi provavelmente anexado ao navio, usando uma lancha leve que fez contato próximo com o MV Helios Ray sem ser notado.

Netanyahu diz que Irã está por trás de ataque a navio de propriedade de Israel

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse na segunda-feira que o Irã foi responsável por uma explosão a bordo de um navio de carga israelense que navegava pelo Golfo de Omã na semana passada.

“Esta é de fato uma ação do Irã, é claro“, afirmou o primeiro-ministro durante uma entrevista à rádio Kan .

Quando questionado se Israel planejava retaliar, ele respondeu: “O Irã é o maior inimigo de Israel, estou determinado a detê-lo. Estamos atacando em toda a região.”

A entrevista do primeiro-ministro foi pré-gravada na noite de domingo, antes que a mídia estatal síria relatasse que havia interceptado mísseis israelenses sobre Damasco.

“Às 10:16 desta noite [15:16 EST], o inimigo israelense realizou um ataque aéreo da direção do Golã sírio ocupado contra alguns alvos na área de Damasco“, disse a agência de notícias estatal síria SANA, segundo uma fonte militar. Não houve relato imediato de vítimas.

As Forças de Defesa de Israel (IDF) não comentaram os ataques relatados.

  • Com informações Israel 24, SANA Syria, AFP, AP e STF Analysis & Intelligence via redação Orbis Defense Europe.


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: