No conceito publicado anteriormente na aplicação do Sistema Nacional de Mobilização Nacional- SINAMOB objetivando integração de esforços da União no coronavírus, vide textos da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e CARTA A AMIGOS ESTRANGEIROS EM DALIAN

No conceito publicado anteriormente na aplicação do Sistema Nacional de Mobilização Nacional- SINAMOB objetivando integração de esforços da União no coronavírus, vide textos da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e CARTA A AMIGOS ESTRANGEIROS EM DALIAN!

                                 José Ananias Duarte Frota- Cel BM ESG/CAEPE

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) pede que países das Américas se preparem para  detectar casos do novo coronavírus A diretora da OPAS, Carissa Etienne, instou na sexta-feira (24) os países da região das Américas a estarem preparados para detectar, isolar e cuidar precocemente de pacientes infectados com o novo coronavírus, dada a possibilidade de receberem viajantes de países onde há transmissão do vírus.

“Os serviços de saúde têm que estar preparados, pois provavelmente serão o ponto de entrada onde casos do novo coronavírus serão detectados, como aconteceu em epidemias anteriores”, afirmou Etienne. “A OPAS está pronta para apoiá-los. A detecção precoce de casos pode impedir a propagação da doença”, disse a diretora durante uma sessão de informações para embaixadores na Organização dos Estados Americanos (OEA), em Washington, Estados Unidos.

Mais de 2,7 mil casos foram confirmados na China, e 80 pessoas morreram, incluindo um médico de 62 anos em um hospital em Wuhan que contraiu o vírus de um paciente, de acordo com a imprensa internacional.or esse motivo, Etienne enfatizou a importância de informar e capacitar trabalhadores de saúde na região das Américas e promover entre eles o uso de equipamentos de prevenção de infecções para protegê-los de qualquer doença.

A diretora da OPAS mencionou que a Organização ativou seu sistema de manejo de incidentes, já que desde o início de janeiro tem compartilhado informações com os  Ministérios da Saúde por meio dos canais do Regulamento Sanitário Internacional (RSI) e de seus representantes nos países. Etienne também manifestou que continuará atualizando informações sobre o que os países podem fazer para responder de forma efetiva a este novo vírus, ainda cercado de incertezas.

Nos dias 22 e 23 de janeiro, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, convocou o Comitê de Emergência para avaliar se o surto na China constitui uma emergência de saúde pública de interesse internacional. O diretor-geral da OMS decidiu não declarar uma emergência de saúde pública no momento. No entanto, disse que se trata de uma emergência na China e que o surto representa um alto risco em níveis regional e global.

“O fato de a OMS não ter declarado emergência não significa que não estamos enfrentando um grande desafio na saúde pública”, alegou o vice-diretor da OPAS, Jarbas Barbosa. “Com a globalização e as viagens internacionais, não é inesperado que os países da Região possam receber pessoas com o vírus”, disse, esclarecendo que “ter um caso importado não é o mesmo que ter transmissão local ou sustentada em um país”.

O diretor do Departamento de Emergências da OPAS, Ciro Ugarte, enfatizou que a vigilância epidemiológica para a detecção precoce de casos, bem como o manejo de pacientes com equipamentos de proteção adequados, pode limitar a transmissão de pessoa para pessoa, reduzir a possibilidade de que casos secundários ocorram e impedem a propagação da doença.

“A natureza do 2019-nCoV é muito semelhante à da gripe e os sintomas são semelhantes aos da SARS (síndrome respiratória aguda grave): febre, tosse, falta de ar e pneumonia”, disse Ugarte. Ele acrescentou que o tratamento para o novo coronavírus ainda é desconhecido e que não há vacina disponível.

CARTA A AMIGOS ESTRANGEIROS EM DALIAN

Para conter resolutamente e efetivamente a ocorrência e a propagação de pneumonia causada por novos coronavírus, a Província de Liaoning ativou o alerta de Nível I sobre incidentes de saúde pública e executou as medidas mais rigorosas de controle e prevenção em 25 de janeiro.

O Comitê Municipal de Dalian e o Governo Popular de Dalian levaram a sério e intensificaram os esforços de prevenção e controle de maneira ordenada. Para proteger sua segurança e saúde pessoal, oferecemos propostas da seguinte forma:

Em primeiro lugar, siga de perto a liberação oficial de informações oficiais.

Por favor, preste atenção às nossas Contas oficiais Wechat “Liaoning Release” e “Dalian Release” para manter-se a par das atualizações mais recentes sobre a situação na cidade de Dalian e na província de Liaoning como um todo. Além disso, você pode encontrar todas as informações úteis que você deseja, como informações de contato das instituições médicas designadas da cidade, medidas de controle e prevenção de epidemias, avisos importantes etc.

2

Em segundo lugar, tome as medidas preventivas adequadas.

Mantenha boas práticas de higiene básica. Lave as mãos com frequência, use máscaras ao sair. Use toalhas de papel para cobrir o nariz e a boca ao tossir ou espirrar. Descarte as máscaras de maneira ecológica. Preste atenção à higiene da casa, abra janelas para ventilar os ambientes, use alvejante para desinfetar sua casa com frequência. Coma alimentos cozidos, beba água quente, diminua a ingestão de alimentos crus e frios. Mantenha aquecido. Mantenha uma dieta sensata. Evite o contato com animais selvagens ou aves.

Reduza as atividades ao ar livre, evite a presença em locais lotados. Atividades públicas em larga escala, como festas ou jantares, devem ser suspensas. Medir a temperatura do corpo em intervalos regulares. No caso de sintomas como febre, tosse, angústia no peito ou fadiga, use máscaras de proteção médica e verifique nas instituições médicas designadas da cidade o mais rápido possível.

3

Em terceiro lugar, participe do nosso mecanismo conjunto de defesa e controle.

Se você já esteve em uma área com alta infecção epidêmica ou contatou pessoas de áreas epidêmicas recentemente, informe as agências locais para controle de doenças ou os departamentos designados o mais rápido possível. Enquanto isso, tenha um bom conhecimento de suas próprias condições físicas, descanse mais em casa e faça menos viagens. Sua compreensão, apoio e cooperação generosos são muito apreciados quando homens de nossos órgãos governamentais, comunidades e instituições médicas cumprem seus deveres como registro ou consultas.

Durante esse período difícil, todos nós temos a obrigação de “não adoecer”. Não há pessoas de fora nesta batalha contra a praga. Coopere em nossos esforços para ajudar e acelerar todas as medidas de controle e prevenção, entender os últimos desenvolvimentos, combater resolutamente a propagação da epidemia e salvaguardar a segurança e saúde das pessoas.

 Gabinete de Relações Exteriores do Governo Popular Municipal de Dalian 28 de janeiro de 2020.

Importante, o Coronavírus de Wuhan se propaga e supera número de casos da Sars

Várias companhias aéreas suspenderam nesta quarta-feira seus voos para a China continental, onde a epidemia do novo coronavírus já causou mais de 130 mortes e quase 6.000 infectados, superando o número de pacientes de Sars há quase 20 anos.

Nesta quarta, centenas de japoneses e americanos foram evacuados de Wuhan (centro da China), onde o vírus apareceu em dezembro.

As autoridades da saúde anunciaram outras 26 mortes, elevando o saldo total para 132 mortes e 5.974 casos confirmados na China continental (sem contar Hong Kong).

Este número excede o de infecções da epidemia de Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars) de 2002-2003, outro coronavírus que contaminou 5.327 pessoas no país. A Sars deixou 774 mortos no mundo, 349 deles na China continental.

Além da China, que registra a grande maioria das infecções, o coronavírus afeta cerca de quinze países, incluindo Emirados Árabes Unidos que anunciaram hoje quatro cidadãos chineses contaminados.

Como medida de precaução, as companhias aéreas British Airways e Lufthansa, entre outras, anunciaram a suspensão de todos os seus voos para a China continental.

A Ukraine International Airlines e a Skyup Airlines (Ucrânia), a Air Austral (Ilha da Reunião/França), Lion Air (Indonésia) e as autoridades do Cazaquistão adotaram medidas semelhantes (incluindo ônibus e trens).

O Reino Unido, como os Estados Unidos e a Alemanha, aconselha seus cidadãos a não viajarem para a China. Londres também anunciou que isolará por 14 dias aqueles que chegarem de Wuhan.

Por sua vez, Michael Ryan, chefe do Programa de Emergência da OMS, pediu os governos em todo o mundo, incluindo aqueles que não registraram casos do novo coronavírus, a “ficarem alertas e agirem” para evitar o contágio. “O mundo inteiro tem que agir”.

Temos que preparar o Brasil com aplicação do Sistema Nacional de Mobilização Nacional- SINAMOB objetivando integração de esforços da União.

 

José Ananias Duarte Frota – Cel QOBM RR

Membro do Conselho Nacional de Proteção e Defesa Civil-CONPDEC-SEDEC/MI
Assessor de Pesquisa e Estudos Técnicos do Conselho Nacional de Gestores Estaduais de Proteção e Defesa Civil-CONGEPDEC.

Não importa a direção do vento, o importante é ajustar as velas!(parafraseado).



Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!