Nota da Marinha do Brasil sobre atuação da Fragata Independência no apoio as vítima da explosão

A Marinha do Brasil (MB), por meio do Comando de Operações Navais, informa que, após a explosão ocorrida na região do Porto de Beirute, no Líbano, o Comando da Força-Tarefa Marítima da UNIFIL (FTM-UNIFIL) e a Fragata Independência adotaram diversas ações.

Esta conduta do Comando da FTM-UNIFIL, tem como um dos objetivos contribuir no apoio a Corveta Bijoy, da Marinha de Bangladesh, que sofreu danos no dia de ontem. A Fragata Independência, com o Comando da FTM-UNIFIL embarcado, permanece operando normalmente no mar, em área de patrulha próxima a Beirute.

A Corveta Bijoy sofreu avarias materiais e teve alguns de seus tripulantes feridos. Os casos
mais graves foram prontamente removidos para hospitais nas cidades de Beirute e Saïda. Na manhã desta quarta-feira (5), a Fragata Independência enviou uma lancha com uma equipe médica e militares especializados em Controle de Avarias, a fim de apoiar a tripulação da Bijoy. Foram realizados atendimentos médicos e uma avaliação estrutural do navio.

O Comando da Força-Tarefa e a Fragata Independência permanecem participando das iniciativas de apoio ao Navio de Bangladesh, sua tripulação, bem como possíveis ações do Governo do Líbano voltadas para o restabelecimento das operações do Porto de Beirute.

A MB se solidariza com familiares e entes próximos das vítimas atingidas pelo grave acidente ocorrido em Beirute, em 04 de agosto.

  • Com informações do Centro de Comunicação Social da Marinha


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

 

Caso deseje conversar com outros usuários escolha um dos aplicativos abaixo:



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail