Nova unidade da Policia Militar do Estado do Rio de Janeiro, o RECOM, já está em operação nas ruas

Sem tempo para descanso em uma corrida contra o tempo. Oficialmente ativada na manhã desta quarta-feira, dia 12, o Rondas Especiais e Controle de Multidões (RECOM) já entrou em operação. Logo que se deu o encerramento da cerimônia no pátio do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), 48 policiais em 12 viaturas caracterizadas com a marca da nova unidade, seguiram em direção à Tijuca para fazer a ronda inaugural. A Área Integrada de Segurança Pública da Grande Tijuca (AISP/6), não foi escolhida por acaso para dar início às ações do RECOM.

O planejamento da primeira operação da nova unidade da Corporação foi feito com base na mancha criminal. Embora os números do Instituto de Segurança Pública (ISP) tenham constado redução de 12% nos roubos de rua na AISP/6, comparando o trimestre de agosto a outubro de 2017 como o mesmo período deste ano, o volume de ocorrências nessa modalidade criminal continua em patamar elevado. “A análise da mancha criminal vai nortear nosso planejamento. Em conjunto com especialistas do Estado Maior Geral da Corporação, nosso setor de análise criminal indicará as áreas mais críticas da Região Metropolitana. Nosso foco é estar presente nas ruas para reforçar o policiamento ostensivo e oferecer à sociedade mais segurança” – disse s jornalistas, o Ten-Cel Daniel Queiroz, Comandante do RECOM.

Leia também: 



A solenidade de lançamento fora realizado no pátio do BPChq, e contou com a presença do Secretário de Estado de Segurança Pública, General Richard Nunes, do Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, Coronel Luis Claudio Laviano, um grande número de oficiais da PM e outras autoridades. Em seu discurso, o Ten-Cel Daniel enfatizou o entusiasmo de sua tropa para enfrentar o desafio de conter a violência, um cenário que se agravou nos últimos anos com a crise econômica e moral que se abateu no Estado do Rio de Janeiro e no país.

Ao discursar no encerramento da cerimônia, o General Richard Nunes fez um balanço positivo de todos os avanços produzidos pela Intervenção Federal na Segurança Pública, enaltecendo a motivação do comandante e da tropa da nova unidade e a liderança do Coronel Laviano na condução desse processo de conquistas no âmbito da Polícia Militar. Com capacidade para empregar diariamente seis grupamentos compostos, cada um deles, por duas viaturas e oito homens, o RECOM ficará sediado provisoriamente no quartel do BPChq até que a sua sede definitiva, que funcionará no antigo quartel do 13º BPM, na Praça Tiradentes, tenha condições de abrigar a nova unidade. 

O RECOM terá missão focada na abordagem de pessoas e veículos em vias urbanas, tendo como objetivo principal reprimir a prática de roubos e inibir a circulação de criminosos. A nova unidade segue o padrão de policiamento tático motorizado empregado com sucesso em outras áreas de grande concentração urbana do país. Os policiais do RECOM receberam treinamento em outros estados, principalmente em Goiás, onde a PM local obteve excelentes resultados com a atuação da ROTAM (Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas). O RECOM poderá ser empregado também no controle de multidões, já que seu efetivo desenvolveu essa expertise durante o período em que atuou no extinto BPGE (Batalhão de Policiamento de Grandes Eventos).

*Com informações da Assessoria de Imprensa da PMERJ





Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below