Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará desenvolve projeto de Drone Asa Fixa para segurança pública

O Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará (Nutec), que tem a Universidade Federal do Ceará (UFC) como parceira, trabalha na produção do Drone de Asa Fixa, que está sendo desenvolvido no Centro de Automação e Robótica (Centauro).

Esses equipamento são utilizados de formas diversas, podendo atuar na segurança pública, em ações de inteligência e operações de busca terrestre, meio ambiente, monitoramento e vigilância de vastas áreas e fronteiras, defesa civil, entre outras.

O projeto é fruto da dissertação de Mestrado Profissional (MP-SAFETY) do gerente de extensão tecnológica do Nutec, Lizandro Amaral, em Segurança da Aviação e Aeronavegabilidade Continuada do Programa de Pós-graduação em Engenharia Aeronáutica e Mecânica do Instituto Tecnológico de Aeronáutica – ITA.

No seu trabalho, Lizandro aborda a temática dos Sistema de Aeronaves Remotamente Pilotadas – SARP (Drone tipo Asa Fixa) desenvolvidos por Instituições de Pesquisa Científica e Tecnológica (ICT) públicas com intuito de aplicar a tecnologia em outros órgãos ligados aos Governos Federal, Estadual ou Municipal.

O Nutec realizará no dia 15 de janeiro, às 9h, evento para apresentação do drone de asa fixa com as tecnologias demandadas embarcadas, como câmeras com resoluções e alcances específicos, maior autonomia de voo, dentre outros detalhes que serão deliberados em próximos encontros.

Voo teste

A apresentação do protótipo do drone e realização do voo teste foi no dia 13 de dezembro, com a presença do Tenente Coronel da Polícia Militar, Clauber Melo, que demonstrou interesse pelo equipamento, visto que o drone faz a captura imagens em voo e transmite para seu operador em tempo real.

No dia 30 de dezembro, o projeto de asa fixa foi apresentado ao superintendente da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), um dos órgãos vinculados à SSPDS, Aloísio Lira, e ao diretor de estratégia da Supesp, Alisson Primo.

Na oportunidade, algumas dúvidas e informações sobre a aplicação do drone de asa fixa para a segurança pública foram explanadas, como payload (capacidade de carga útil de transporte), autonomia, configurações de câmera utilizada, tipo de transmissão de rádio, entre outras.

Participaram ainda da reunião o gerente de extensão tecnológica do Nutec, Lizandro Amaral, o professor da UFC e coordenador do Centauro por parte da instituição. Tarcísio Costa Filho, o piloto e mecânico, André Santos, e o diretor técnico da empresa Drone de Garagem, Iuri Gaier.

  • Com informações do Governo do Estado do Ceará

You may also like