Oficial da FAB apresenta trabalho sobre radar militar em seminário nos EUA

Subscribe
Voiced by Amazon Polly

A Força Aérea Brasileira (FAB) participou da 12ª Conferência de Radar Militar do Institute for Defense & Government Advancement (IDGA) – Instituto de Defesa e Avanço do Governo, realizado de 12 a 14 de março, em Washington, nos Estados Unidos. A FAB foi representada pelo Tenente-Coronel Engenheiro Gustavo Farhat de Araujo, do efetivo do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER). Na ocasião, ele apresentou um trabalho com o tema “Arquitetura para processamento de sinais de radares de abertura sintética em chips”.

O radar de abertura sintética serve, principalmente, para fazer imagens do solo a partir de uma aeronave ou satélite. “É uma tecnologia bastante complexa e o que propomos neste trabalho foi uma miniaturização da tecnologia de processamento. O objetivo era ter um sistema de baixo custo e que pudesse ser utilizado em plataformas com bastante limitação de espaço, de peso e de consumo de energia”, explica o Coronel Gustavo. Ele destaca que o diferencial está justamente no baixo custo do sistema.

“Então, o que fizemos foi a implementação de um algoritmo de processamento de sinais de radares de abertura sintética em um chip com tecnologia FPGA [Field Programmable Gate Array ou, em português, Matriz de Portas Programáveis em Campo]”, completa. O trabalho foi resultado do mestrado realizado pelo militar em 2015 e 2016 pelo Programa de Pós-Graduação em Aplicações Operacionais (PPGAO) do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), com a contribuição do orientador, Roberto d’Amore, e do Professor David Fernandes.

Para o oficial, a importância da participação nesses eventos é a divulgação dos trabalhos realizados pela FAB, pois mostra que a instituição está focada no desenvolvimento de tecnologia de ponta. “Isso nos coloca em destaque no cenário internacional, abre portas para podermos desenvolver trabalhos futuros, para sermos reconhecidos pelo que fazemos e traz credibilidade para a FAB”, ressalta. Além disso, segundo ele, a interação com os outros participantes é sempre interessante e abre possibilidades para parcerias futuras.

A Conferência é um evento sobre os diversos tipos de aplicações de radares no meio militar. Participaram integrantes de agências ligadas ao departamento de Defesa dos Estados Unidos, além de diversos representantes de instituições acadêmicas, de laboratórios de pesquisas e da indústria de defesa.

A IDGA, responsável pelo evento, é uma organização dedicada ao intercâmbio e ao compartilhamento de melhores práticas, desenvolvimentos inovadores da indústria e fortalecimento da cooperação entre as agências governamentais, a academia e o setor privado.

 

Com fotos e informações da FAB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here