Oficial de Ligação do Exército Brasileiro participa da Apresentação de Capacidades do Exército Francês

A apresentação teve como objetivo demonstrar as capacidades inter-armas do Exército Francês, adaptadas a todos os ambientes e a todas as situações de emprego das forças terrestres

No dia 8 de outubro, no Campo de Provas do Exército Francês em Versailles-Satory, foi realizada a Apresentação de Capacidades do Exército Francês – edição 2020.

O evento contou com a presença de auditores do Instituto de Altos Estudos de Defesa Nacional (IHEDN), Adidos Militares de Defesa acreditados na França, representantes do Poder Legislativo e de organismos públicos e privados franceses e do Oficial de Ligação do Exército Brasileiro junto ao Exército da França, Coronel Francisco Wellington Franco de Souza.

Essa atividade foi realizada no contexto da situação particular ligada às restrições da COVID-19, que limitou o número de convidados e contou com medidas adicionais de segurança, tendo como tema central: “Um exército integrado para um emprego de alta intensidade”.

Ela teve por escopo demonstrar as capacidades inter-armas do Exército Francês, adaptadas a todos os ambientes e a todas as situações de emprego das forças terrestres, ilustrando a implementação da visão estratégica do Chefe do Estado-Maior do Exército (CEMAT), General de Exército Thierry Burkhard.

O General de Exército Burkhard fez a abertura da apresentação, destacando os principais pontos de sua visão estratégica e as missões a cumprir no contexto do Plano Estratégico do Exército para o próximo decênio.

A seguir, teve início uma demonstração dinâmica, que permitiu a visualização das capacidades de emprego em três paineis sucessivos: vencer um conflito de alta intensidade com as capacidades incorporadas pelo Programa SCORPION, antecipar o fato consumado e preparação operacional e postura de proteção terrestre.

Posteriormente, foi realizada uma exposição estática de material, que possibilitou o conhecimento dos principais materiais e sistemas de armas em uso no Exército Francês e a interação com militares que os operam.

Dentre os materiais expostos, destacam-se: os veículos e sistemas de armas componentes do Programa SCORPION; a maquete do novo Helicóptero Conjunto Leve H160M Guépard, que substituirá os helicópteros “Gazelle” do Exército Francês a partir de 2026; os equipamentos individuais que compõem o “Combatente 2020”; o Sistema de Instalação Rápida de Travessia (SPRAT); o Sistema de Minidrones de Inteligência (SMDR); e o Posto de Reanimação e Cirurgia de Emergência (ARCS) aerotransportado.

O Exército Francês conta, atualmente, com um efetivo de 121.000 militares da ativa, 24.000 militares reservistas e 8.500 civis. Ressalta-se que, cotidianamente, são empregados 26.000 homens e mulheres nas missões internas de postura operacional no território nacional, com destaque para a Operação Sentinela, e nas operações exteriores, notadamente a Operação Barkhane, na Banda do Sahel Saariano.

Fonte: Aditância do Exército na França e Bélgica


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Comments are closed.