Operação Ágata Norte apreende mais de 146 mil toneladas de manganês no Pará

Marinha e interagências em galpão com manganês apreendido em Vila do Conde (PA)

Na última semana a Operação Ágata Norte fez a maior apreensão já feita no estado do Pará, com 146 mil toneladas de manganês, além da destruição de 3 mil pés de maconha. O sucesso da mesma foi com uma ação conjunta da Polícia Federal, Ibama, Agência Nacional de Mineração e a Receita Federal.

Essa ação conjunta interagências tem o objetivo de intensificar a fiscalização nos rios e nas áreas portuárias, combatendo crimes ambientais, tráfico de drogas e armas, contrabando e descaminho. A Operação Ágata Norte 2020 ainda complementa as ações da Operação Verde Brasil 2. Ao todo, participaram das ações 33 Policiais Federais, mais de 100 Fuzileiros Navais, além de fiscais do Ibama, ANM e auditores da RFB.

Todo o minério apreendido era de origem ilegal, extraídos no Pará e vendidos com notas fiscais “esquentadas” por empresas que possuem títulos autorizativos de lavra. Além do minério, houve apreensão de maquinários. O minério de manganês é considerado material essencial na fabricação de ligas metálicas, combinado especialmente com o ferro na produção de aço. Esta foi a maior apreensão já realizada no Estado.

Com informações do Ministério da Defesa



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: