Operação Especial de forças Sírias neutraliza importante líder terrorista e captura outros dois

blank

No final do dia 20 de novembro, unidades da Diretoria de Inteligência Militar da Síria (MID) com o apoio de forças especiais realizaram uma operação especial no interior do nordeste de Daraa.

A operação teve como alvo uma célula de três homens que estava se abrigando em um campo localizado nos arredores da cidade de Khirbet Ghazaleh, e, um deles era um importante líder do ISIS na região que estava reorganizando militantes dispersos do terrorismo islâmico para efetuar ataques contra tropas russas e americanas, o que poderia causar confusão e criar situações graves para ambos os lados que poderiam acreditar nos ataques “false flag”. Suspeita-se que os terroristas também tinham apoio de agentes turcos disfarçados de habitantes locais.

No dia 18 outros colaboradores do ISIS também foram neutralizados em ataques atribuidos a ações de ataques aéreos russos em outras regiões:

Atualmente os ataques de “false flag” contra a população civil e tropas estrangeiras (russas e americanas) são o principal meio de ação dos terroristas islâmicos na região juntamente com a instalação de IEDs nas estradas.

De acordo com fontes da mídia local, os agentes do MID entraram em confronto com os homens procurados que tentaram escapar. Um dos homens, identificado como Majd Abdo al-Zbaidi, foi morto, enquanto os outros dois foram presos. Ainda não foram divumgadas imagens dos acontecimentos pelos canais oficiais do MoD Sirio.

Foram encontrados no local uniformes regulares das forças armadas sírias, dos EUA, Rússia e Turquia, documentos falsos de diversas nacionalidades e grande quantidade de material com registro das posições das forças militares que estão presentes na região.

Poucas horas antes da operação, a SAA descobriu um dispositivo explosivo improvisado (IED) na estrada al-Harak-Malihat, a leste de Khirbet Ghazaleh. Além disso, o ISIS reivindicou recentemente a responsabilidade por um ataque IED que ocorreu na estrada Izra-Sheikh Miskin, ao norte de Khirbet Ghazaleh, há menos de duas semanas.

Os três homens visados ​​durante a operação são supostamente membros de uma tribo do interior da vizinha governadoria de al-Swaiydah, onde o ISIS ainda mantém presença.

Apesar do recente processo de reconciliação organizado pela Rússia em Daraa, a situação na governadoria continua um pouco instável. Um dos incidentes de segurança mais recentes foi um bombardeio que teve como alvo a fronteira de Nassib com a Jordânia.

Com a neutralização e captura de elementos-chaves do terrorismo islâmico na região, o processo de paz poderá avançar e estabilizar a reconstrução da região com o fim dos combates.

  • Com informações SANA Syria, STFH Analysis & Intelligence, SOHR e redes sociais via redação Orbis Defense Europe/Genebra.