Operação Semana Santa iniciada com flagrantes de imprudência

Em apenas dois dias de fiscalização para coibir excesso de velocidade (18 e 19) a PRF na Bahia flagrou 1.579 veículos acima da velocidade permitida.

O final de semana prolongado pelo feriado na sexta-feira (19) é marcado pelo aumento do fluxo de veículos e usuários circulando pelas rodovias federais para os mais diversos destinos e o excesso de velocidade é uma das maiores preocupações da PRF por ser uma das principais causas de mortes nas rodovias federais.

Às imagens capturadas nos radares portáteis da PRF foram registradas em trechos das rodovias federais que cortam o nosso estado. Os veículos estavam muito acima da velocidade limite da via sinalizada.

Infrações deste tipo se enquadram no artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro e são divididas em:

– Infração média: excesso de velocidade em até 20%, o motorista perde 4 pontos na carteira e paga multa no valor de R$ 130,16
– Infração grave: excesso de velocidade entre 20 e 50%, o motorista perde 5 pontos na carteira e paga multa no valor de R$ 195,23
– Infração gravíssima (x3): excesso de velocidade acima de 50%, o motorista perde 7 pontos na carteira e paga multa no valor de R$ 880,41 e suspensão do direito de dirigir.

Já em relação as ultrapassagens indevidas, foram flagrados 290 veículos ultrapassando em local proibido, nos dois primeiros dias da operação.

Além da multa de R$ 1.467,35 (dobrada em caso de reincidência no prazo de 12 meses) e 7 (sete) pontos na CNH, as ultrapassagens indevidas são uma das principais causas de acidentes graves nas rodovias de pista simples.

A fiscalização prossegue até as 23h59 de domingo (21). A PRF alerta aos motoristas que obedeçam às normas de trânsito. A redução da violência nas rodovias federais depende da participação de todos.

Qualquer usuário que presenciar situação de risco ou imprudência nas rodovias federais pode acionar a PRF através do telefone de emergência 191.

Fonte: Agência PRF



1 COMENTÁRIO

  1. Estradas cheias de buracos e ladrões assaltando os Caminhoneiros ninguém fala nada. Campanhas Educativas não existem para divulgação. Fábrica de Multas a conclusão é essa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below