Operação Verde Brasil 2 acumula resultados atuando também no domingo

A atuação dos militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica na Operação Verde Brasil 2 não cessa. Mesmo nos fins de semana e em horários alternativos, os Comandos Conjuntos Príncipe da Beira, Barão de Melgaço e Marechal Soares de Andrea dão sequência às atividades que visam à prevenção e à repressão de delitos ambientais. Apenas no domingo (24), cerca de 100 veículos e 100 embarcações foram revistados, ao passo que mais de 500 metros cúbicos de madeira extraída irregularmente foram apreendidos. Um total de R$ 580.592,89 foi aplicado em multas.

Em Mato Grosso, o Comando Conjunto Barão de Melgaço patrulhou eixos rodoviários e estabeleceu pontos de checagem de veículos, por militares do 66º Batalhão de Infantaria Motorizado. A mesma atividade foi desenvolvida pelos efetivos dos 4º 6º e 61º Batalhões de Infantaria de Selva, subordinados ao Comando Conjunto Príncipe da Beira, em atuação nos Estados do Acre, Amazonas e Rondônia. Os militares ainda realizaram patrulhas fluviais nos rios da região. Já os 5º e 7º Batalhões de Engenharia de Construção transportam madeiras apreendidas até a capital acreana, sob a escolta do 17º Pelotão de Polícia do Exército.

O Comando Conjunto Marechal Soares de Andrea, no Pará, empregou a 6ª Companhia de Engenharia de Combate de Selva, o 1º Grupo de Artilharia de Campanha de Selva e o 52º Batalhão de Infantaria de Selva em atividades de conscientização ambiental para a população de Marabá. Também foram fiscalizadas serrarias e fazendas em outras localidades. O centro de Itaituba também teve a presença de atividades da Verde Brasil 2. O 53° Batalhão de Infantaria de Selva armou postos de bloqueio e controle de estradas para fiscalização ambiental.

Por Tenente Felipe Bueno, com Comandos Conjuntos

Fotos: Divulgação das Forças Armadas





Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail