Operação Verde Brasil 2 identifica pontos de desmatamento e fiscaliza madeireira suspeita

blank
O Comando Conjunto Norte, formado pelo Comando Militar do Norte, do Exército; pelo 4º Distrito Naval, da Marinha do Brasil; e pela Ala 9, da Força Aérea Brasileira, identificou, por meio de sobrevoo, 19 pontos de desmatamento com indícios de queimadas recentes na região da terra indígena Trincheira Bacajá e em Pacajá, no Pará. A ação faz parte das atividades da Operação Verde Brasil 2, que tem o objetivo de combater crimes ambientais na Amazônia Legal.

Google News

No período de 8 a 10 de março último, o Comando Conjunto Norte (CCjN), sob coordenação do Ministério da Defesa, identificou 17 pontos de desmatamento com indícios de atividade recente, no estado do Pará. A ação, realizada no contexto da Operação Verde Brasil 2, resultou na identificação de uma madeireira suspeita de extrair madeira ilegalmente na Terra Indígena Arara, no município de Uruará (PA).

O CCjN utilizou aeronaves HM-1 Pantera e HM-4 Jaguar, do Exército Brasileiro, que permitiram sobrevoar a região das Terras Indígenas Cachoeira Seca e Arara, identificar o local suspeito e transportar as agências participantes, membros do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e agentes da Polícia Militar Ambiental do Pará.

blank

A ação contou com a orientação do Grupo de Integração para Proteção da Amazônia (GIPAM), no Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), que produz relatórios com base no cruzamento de dados cartográficos e imagens de satélites. O grupo conta com representantes da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Agência Nacional de Mineração (ANM), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Fundação Nacional do Índio (Funai), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Serviço Florestal Brasileiro (SFB).

blank

A Operação Verde Brasil 2 teve início em 11 de maio de 2020 e tem duração prevista até 30 de abril deste ano. O sucesso da operação é resultado direto do esforço conjunto das Forças Armadas e do Grupo Integrado de Proteção da Amazônia (GIPAM).

blank



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: