Operação Verde Brasil 2 promove ações de inspeção naval nos rios da Amazônia Legal

Google News

O Comando Conjunto Amazônia (CCjA) deu continuidade, no domingo (16), às ações de inspeção naval em diversos rios, abrangendo várias localidades dos estados do Amazonas e de Rondônia, empregando meios do 9º Distrito Naval e das capitanias/agências. Além disso, o 54º Batalhão de Infantaria de Selva (54º BIS) ocupou a Base Operacional na localidade de Apuí, no Amazonas.

Ao todo, foram contabilizadas as inspeções de 60 embarcações, das quais nove foram autuadas nas cidades de Manaus (AM), Humaitá (AM), Parintins (AM) e Porto Velho (RO) e 14 foram apreendidas nas localidades de Manaus (AM), Itacoatiara (AM), Parintins (AM), Guajará-Mirim (RO) e Porto Velho (RO).

Em outra frente, o Comando Conjunto do Norte (CCjN), por meio do 51° Batalhão de Infantaria de Selva (51°BIS), realizou patrulha motorizada ostensiva em serraria, a partir da base de operações de Uruará, no Pará. O Batalhão também realizou escolta de comboio com os materiais apreendidos nas ações de desmonte de serrarias para um depósito do Ibama, em Vitória do Xingu (PA). O 52º BIS, que continua ocupando a base no município de Canaã dos Carajás (PA), combateu quatro focos de incêndio na região da Serra Sul, em Carajás (PA).

Também foram realizadas ações de inspeção naval em diversos rios, abrangendo várias localidades dos estados do Amapá, Pará e Maranhão, empregando meios do 4º Distrito Naval. No total, foram contabilizadas as inspeções de 178 embarcações, sendo sete delas autuadas em Oiapoque e Santana, todas no Amapá, e 18 apreendidas em Santana (AP), Oiapoque (AP), Marajó (PA), Almeirim (PA) e Lençóis Maranhenses (MA). Além disso, foram apreendidos 1500 litros de combustível em Santana (AP).

Já o Comando Conjunto Oeste (CCjO) prosseguiu nas ações de fiscalização contra delitos ambientais e levantamento de áreas com queimadas irregulares, por agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) e do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, nas localidades de Querência, Juína e União do Sul, todas no estado mato-grossense.

Resultados

Desde a deflagração da Operação Verde Brasil 2, em 11 de maio, militares e agentes de órgãos parceiros realizaram 24 mil inspeções navais e terrestres, vistorias e revistas em embarcações, das quais 603 foram apreendidas. Nos postos de bloqueio e controle de estradas, foram retidos 211 veículos por irregularidades. Volume superior a 28,4 mil metros cúbicos de madeira ilegal também foi confiscado, bem como apreendidas 785 máquinas de serraria móvel, tratores, maquinário de mineração, balsas, dragas e acessórios. Até o momento, mais de R$ 443,8 milhões foram aplicados em multas e termos de infração.

Fonte: MD



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: