Palestras, apresentações e debates marcam a 1ª Jornada de Prospectiva em Defesa, na EGN

Nos dias 27 e 28 de junho, foi realizada, na Escola de Guerra Naval, a 1ª Jornada de Prospectiva em Defesa – Métodos, Práticas e Tendências. O evento contou com a participação de pesquisadores, mestres, doutores, universitários, e representantes de instituições governamentais, das Forças Armadas e da sociedade.

A Jornada Científica, organizada pelo coordenador CMG RM1 IM Claudio Rodrigues Corrêa, pelo líder sênior Prof. Doutor Thauan Santos e pelos pesquisadores da Linha de Pesquisa Cenários Prospectivos de Defesa, do Laboratório de Simulações e Cenários (LSC), trouxe ao debate temas de grande importância para o futuro da Defesa, como: o emprego de novas tecnologias disruptivas, gestão de risco em navios autônomos e lacunas normativas, ameaças cibernéticas nos diversos domínios, cibersegurança, novas guerras, aplicação de redes semânticas em cenários prospectivos,Inteligência Artificial, pirataria marítima, entre outros.

Coordenador do LSC, CMG RM1 IM Claudio Rodrigues Corrêa, na abertura da jornada científica

O tema central e balizador da Jornada foram os métodos, tendências e práticas de estudos prospectivos desenvolvidos no âmbito do LSC, apresentados pelos subgrupos de pesquisa Escassez de recursos, Arranjos metodológicos, Tecnologia da Informação e Comunicação, Tendências de impacto marítimo-naval, Benchmarking relatórios, Benchmarking método, Segurança espacial: militarização, Segurança espacial: eventos eletromagnéticos e Guerra do futuro.

Embaixadores Alessandro Candeas e Frederico Araújo

Presenças ilustres e conhecimento compartilhado

O Embaixador Alessandro Warley Candeas, diretor do Departamento de Assuntos de Defesa e Segurança do Ministério das Relações Exteriores, proferiu a palestra de abertura com o tema “O Impacto dos Avanços Tecnológicos sobre a Defesa”. A Jornada também contou com a presença do Embaixador Frederico Cezar de Araújo, diretor internacional da FIRJAN. A programação abrangeu apresentação dos subgrupos da Linha de Pesquisa Cenários Prospectivos de Defesa do Laboratório de Simulações e Cenários da EGN e de trabalhos acadêmicos da UFRJ, UFF, ECEME, EGN e Faculdade São José, seguidos de debates. No final do dia, o Prof. Dr. Flavio Combat (UFRJ) palestrou sobre “Novas guerras: dimensões analíticas e críticas à teoria”.

No dia 28, foram realizadas as palestras “Guerra do Futuro”, pela mestra Giselli Nichols (PPGEM); “Inteligência Artificial”, pelo CC (FN) Milton Mendieta, pelo Brigadeiro (Int-R1) Pedro Arthur Linhares Lima (FAB), e “Gestão de Riscos em Navios Autônomos”, pelo diretor executivo da Solution Segurança da Informação CMG (RM1) Antonio José da Rosa.

Os participantes do evento tiveram ainda a oportunidade de conhecer uma pesquisa inédita sobre os métodos prospectivos utilizados pelas Forças Armadas de diversas partes do mundo para elaboração de seus planejamentos de longo prazo. O projeto Prospecta, apresentado pelo doutoranda Monah Marins (PUC-RIO) e desenvolvido no âmbito do Projeto Cenários de Defesa (PCD), é realizado pelos pesquisadores do LSC em parceria com a Fundação de Estudos do Mar (FEMAR).

A Jornada constitui-se de um evento científico e acadêmico aberto à sociedade com o objetivo de dar conhecimento sobre as pesquisas realizadas no âmbito do LSC e, desta forma, fomentar o pensamento e práticas de abordagem prospectiva, colaborando com o aprimoramento do planejamento para a área da Defesa.

Veja mais fotos no site oficial: https://jornadaprospectiva.wixsite.com



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below