Participação do Arsenal de Guerra de São Paulo na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti

"O Arsenal de Guerra de São Paulo parabeniza os Peacekeepers!"

blank

Em 2004 quando o Brasil assumiu a Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah) devido às condições encontradas no país caribenho, o Exército Brasileiro (EB) empregou meios blindados sobre rodas.

blankO EE-11 Urutu, como viatura de transporte de pessoal. Era necessário enviar as viaturas mais confiáveis e o Exército Brasileiro selecionou algumas viaturas EE-11 Urutu que haviam passado pela revitalização no AGSP e que foram distribuídas em anos anteriores.

A elas, juntaram-se mais quatro carros recém revitalizados, expedidos em maio daquele ano. Assim, o AGSP passou a funcionar como provedor de Viaturas Blindadas de Transporte de Pessoal para o teatro de operações.

blankO sucesso da ambulância em operação levou a tropa no Haiti a solicitar mais dispositivos para adaptação no EE-11 Urutu Proteção Balística do Motorista (PBM), conceito presente na ambulância Urutu e a Proteção Balística do Atirador (PBA), além da preparação de um Urutu com pa anti-barricada. É o Arsenal de Guerra, provendo capacidade industrial para o Exército Brasileiro.

  • Fonte: Arsenal de Guerra de São Paulo