Pentágono aprova envio de militares e recursos para Arábia Saudita e Emirados Árabes

O secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, e o chefe do Estado-Maior, general Joseph Dunford, anunciaram nesta sexta-feira (20) que o país enviará “algumas centenas” de soldados e recursos adicionais de defesa aérea para à Arábia Saudita e os Emirados Árabes.

“O presidente aprovou o envio de forças americanas que serão defensivas por natureza e focadas principalmente na defesa aérea e antimísseis”, disse Esper a jornalistas no Pentágono. Ele observou que os EUA não buscam guerra com o Irã, mas “também têm outras opções”.

Dunford, por sua vez, disse que as decisões específicas serão tomadas no fim de semana, com os detalhes sendo anunciados na próxima semana, mas observou que haverá uma “distribuição moderada” de militares, que não incluirá milhares de soldados.

​A decisão é anunciada em meio a um aumento das tensões na região após um recente ataque de drone contra instalações petrolíferas da estatal saudita Saudi Aramco, que tanto Washington quanto Riad atribuem ao Irã, embora o mesmo tenha sido reivindicado por rebeldes houthis, do Iêmen.

Negando participação no incidente, Teerã afirmou, através do chanceler Javad Zarif, que qualquer ataque de retaliação contra o território iraniano será considerado um ato de guerra.

  • Com agências internacionais




Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here