Petróleo opera em queda forte com temor sobre coronavírus na Ásia

O petróleo opera em forte queda nesta terça-feira diante da preocupação generalizada entre os investidores sobre o coronavírus, doença potencialmente mortal originada na China.

Segundo o analista da Petromatrix, Olivier Jakob, as notícias sobre o coronavírus não têm impacto somente na demanda pela commodity. “Também pode desacelerar a recuperação econômica regional” na Ásia, afirmou em nota a clientes.

Com isso, os preços dos contratos para março do Brent, a referência global, caíam 1,50% por volta das 10h40, a US$ 64,22 o barril, na ICE, em Londres, enquanto os contratos para fevereiro do WTI, a referência americana, recuavam 1,25%, a US$ 57,81 o barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York (Nymex).

“Os mercados de petróleo perderam o prêmio pelo risco na oferta incluído nos preços devido às ameaças à produção no Iraque e na Líbia, mas o coronavírus será um teste da reação do mercado a um evento de risco de demanda”, acrescentou Jakob.
Separadamente, a redução da estimativa do Fundo Monetário Internacional (FMI) para o crescimento global em 2020, de 3,4% para 3,3%, também pesa nos preços da commodity, acrescenta o analista da Petromatrix.

Fonte: Valo