Polícia e Bombeiro Militar do Estado do Rio de Janeiro em prontidão total durante a virada do ano

O esquema de segurança da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro para este Réveillon mobilizará 15.886 policiais militares e 1.415 viaturas para atuar em todo o Estado. Com atenção especial para a orla da Capital, Niterói, Região dos Lagos e Costa Verde, o esquema especial de policiamento começa a ser empregado às 06h do dia 31.12 (segunda-feira) até a manhã do dia seguinte (01.01.2019). O efetivo empregado neste Réveillon é quase 25% superior ao do ano passado, quando a Corporação mobilizou 12.700 policiais.

Responsável pelo planejamento do esquema especial, o Chefe do Estado Maior Geral da PM, Coronel Luís Henrique Marinho Pires, explicou que o reforço de policiais e viaturas empregado este ano foi possível graças à recomposição de efetivo que começou a ser feita a partir da Intervenção Federal e da recuperação de recursos materiais, com compra e reformas de viaturas.

RECOM e novas viaturas estreiam em Copacabana

Para garantir a segurança da maior festa de réveillon do país, na Praia de Copacabana, a Polícia Militar mobilizou 1.941 policiais, que farão o policiamento a pé e motorizados. Entregues neste mês de dezembro, 64 novas viaturas (Nissan Versa) estarão operando pela primeira vez em Copacabana. A outra novidade no policiamento na orla de Copacabana será a presença de policiais do RECOM (Rondas Especiais e Controle de Multidões), unidade lançada recentemente pela Corporação. Os policiais do RECOM atuarão com uniformes de praia, com especial atenção na faixa de areia.

Trinta torres de observação estarão posicionadas na orla de Copacabana – 15 na areia e 15 no calçadão, das 6h do dia 31 até as 6h do dia 01. Em Copacabana, também haverá policiamento com cães e a cavalo. O Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), através do GETEM, vai atuar, a partir das 18h de segunda-feira, nos 24 pontos de bloqueio em apoio à CET-Rio. Equipes do BPChq/GETAR vão apoiar na parte externa das estações do metrô em Copacabana. O Grupamento Aeromóvel (GAM), equipado com câmeras, vai monitorar os principais pontos da cidade. As imagens serão transmitidas em tempo real para o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICCM), que ficará posicionado na altura da Rua República do Peru com Avenida Atlântica.

A Unidade de Controle de Distúrbios (UCD/ BPCHq) também ficará junto ao CICCM. Haverá ainda um esquema de plantão especial no Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICC), na Cidade Nova, para acompanhar em tempo real as imagens geradas tanto pelas câmeras do helicóptero do GAM como pelas demais câmeras instaladas em diferentes pontos da cidade. Estarão atuando forma coordenada representantes das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, CET-Rio, Guarda Municipal e Centro de Operações Rio (COR). 

O bairro de Botafogo e o Aterro do Flamengo vão receber apoio do Regimento de Polícia Montada (RPMont). Haverá também uma guarnição de cavalaria na orla de Copacabana. O Batalhão de Ações com Cães (BAC) vai atuar na estação de metrô da Cardeal Arcoverde, principal acesso de chegada e saída da festa, e na Central do Brasil. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) ficará de prontidão e poderá ser acionado caso seja necessário.

Vias Expressas e estradas

Além do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE), o Grupamento Tático de Ação Rápida (BPchoq/GTAR) vai patrulhar em apoio as Linhas Amarela e Vermelha, e Avenida Brasil no período da tarde/noite. O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) adotará o esquema de policiamento especial nas estradas estaduais semelhante ao adotado durante o feriadão de Natal. O esquema permanecerá operando até o dia 2 de janeiro de 2019. Haverá reforço no policiamento nas rodovias de maior movimento – RJ 104, 106, 124 (Via Lagos), além das estradas de acesso à Região Serrana e do trecho do Arco Metropolitano sob responsabilidade da Polícia Militar.

Bombeiros RJ: Operação Réveillon reforça segurança na virada do ano

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) inicia, na tarde de hoje (31.12), a Operação Réveillon 2019. A corporação vai empenhar, no território fluminense, cerca de 400 militares nas principais áreas de concentração de público. A população conta, ainda, com os profissionais de plantão no serviço ordinário das unidades operacionais. Em Copacabana, equipes mistas de combate a incêndio, salvamento e atendimento pré-hospitalar vão compor um quadro de aproximadamente 175 bombeiros – 35 deles dedicados às atividades de socorros marítimos.

A operação vai disponibilizar também 29 viaturas e duas embarcações para realizar os atendimentos de emergência no entorno do evento. Ainda na capital, militares estarão a postos em locais como Parque Madureira, Penha, Ilha do Governador, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Barra de Guaratiba, Flamengo, Paquetá e Sepetiba. Em outras regiões do Estado, onde há festa de virada do ano, profissionais e viaturas também estarão posicionados em pontos estratégicos.

Inovações implementadas este ano

Para este ano, o Corpo de Bombeiros vai contar com a tecnologia QRCode nos hidrantes da orla de Copacabana. Trata-se de um projeto piloto, em parceria com a Cedae e com a UFRJ, que tem o objetivo de facilitar o fornecimento de dados para a tomada de decisões mediante ocorrências de incêndio. Durante a festa de Réveillon, em caso de necessidade, o sistema já poderá ser utilizado. A previsão é expandir o serviço para demais regiões da capital e do Estado. A inovação disponibiliza as principais informações do hidrante para consulta, como a vazão, data de vistoria, possíveis defeitos, entre outros.

Também possibilitará ao cidadão o acesso aos dados relacionados à eficiência dos equipamentos instalados próximos às suas residências. A ferramenta QR (sigla do inglês Quick Response, reposta rápida em português) é um código de barras bidimensional que pode ser facilmente escaneado usando a maioria dos telefones celulares equipados com câmera. Esse código é convertido em texto (interativo), um endereço URI, um número de telefone, uma localização georreferenciada, um e-mail, um contato ou um SMS.

Vale ressaltar que o hidrante é um equipamento instalado pelas concessionárias/permissionárias responsáveis pelo abastecimento de água. De acordo com a legislação vigente, cabe ao mesmo órgão a operação, a manutenção, a execução de reparos e modificação, bem como fazer obras e serviços necessários para a ampliação e melhoria da rede. O Corpo de Bombeiros, seguindo a mesma lei, é usuário do sistema e pode operar os registros em caso de incêndio.

Recomendações importantes

A Polícia Militar recomenda a população que chegue com antecedência aos locais de festa, priorizando o transporte público e redobrando a atenção com crianças, identificando-as. A PM também orienta a não utilizar recipientes de vidro nem fogos de artifício.

Para quem vai viajar, seguem alguns conselhos:

  • verifique os freios e o estado geral do veículo antes de pegar a estrada;
  • não use bebida alcoólica antes de dirigir;
  • transporte as crianças apenas nos dispositivos adequados;
  • não transporte bagagem solta no interior do veiculo, pois em caso de acidente ela pode atingir um dos ocupantes;
  • use sempre o cinto de segurança;
  • não use o telefone celular enquanto estiver dirigindo. Deixe por conta do carona qualquer necessidade de utilização do aparelho;
  • só ultrapasse com segurança;
  • respeite sempre a sinalização;
  • evite comprar produtos em ambulantes na beira da estrada. Esse ato além de ajudar a formar engarrafamentos também pode causar acidentes;
  • A velocidade que emociona é a mesma que mata. Respeite a vida!

*Com informações da PMERJ e do CBMERJ



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below