Policial militar morre ao cair de Helicóptero durante treinamento em Álvares Machado (SP)

blank
Helicóptero Águia durante o atendimento de uma ocorrência em junho de 2020 em Presidente Prudente — Foto: Polícia Militar

Uma fatalidade daquelas que se busca resposta e não a encontramos, tirou a vida de um policial militar durante um treinamento do Grupamento Águia realizado em um aeródromo particular, em Álvares Machado (SP), na última quinta-feira (16).

O cabo Alexandre Luís Batista, 43, chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente (SP), em estado considerado gravíssimo, conforme informou a corporação, mas não resistiu aos ferimentos.

blank
Acidente foi em um aeródromo particular em Álvares Machado; PM isolou a área onde ocorreu a queda — Foto: Aline Costa/G1

O Hospital Regional informou que o paciente deu entrada no pronto-socorro da unidade e recebeu todos os cuidados da equipe médica e multiprofissional. Porém, segundo o hospital, o óbito foi confirmado às 11h40.

De acordo com as informações repassadas pela corporação, era realizado um treinamento conjunto entre a Força Tática do 32º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I), de Assis (SP), e o Grupamento Aéreo na região próxima ao Condomínio Valência 1, quando, por razões a serem esclarecidas, Alexandre Luís Batista se desequilibrou e caiu da aeronave.

O policial, que era cabo da PM e integrava a Força Tática, em Assis, caiu de cerca de oito a dez metros de altura, ainda conforme informou a corporação. Conforme o Corpo de Bombeiros, o acidente foi por volta das 10h40. A Polícia Militar vai instaurar uma sindicância para apurar o ocorrido.

Segundo o delegado da Polícia Civil Irio Miola Júnior, de Álvares Machado, foi registrado um Boletim de Ocorrência como homicídio culposo. Ele disse ainda que solicitou a realização da perícia no local, de exame necroscópico e de investigação ao 4º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa-IV).

Posicionamento oficial

A Polícia Militar emitiu uma nota oficial com o seguinte posicionamento sobre o assunto:

“A Polícia Militar esclarece que nesta quinta-feira, 16, por volta das 10h30, um Cabo da Polícia Militar caiu de um helicóptero Águia do Comando de Aviação, da Base de Presidente Prudente, durante um treinamento conjunto entre o Comando de Aviação e policiais da Força Tática do 32º Batalhão de Polícia Militar do Interior. O acidente aconteceu na cidade de Álvares Machado. O policial caiu de uma altura de cerca de oito a dez metros. Ele foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional de Presidente Prudente.

Todas as providências para apurar o caso estão sendo adotadas pela Polícia Militar, bem como as investigações aeronáuticas pelo órgão responsável”.

blank blank

  • Com informações do G1 (Presidente Prudente e Região)