Presença feminina em concursos militares cresce a cada ano no país

Mulheres nas Forças Armadas? Sim. Isso é um caminho totalmente possível de se trilhar e está ao alcance de todas. Apesar do alistamento no Serviço Militar ser obrigatório apenas para os homens, as mulheres também estão aptas para o ingresso. Elas podem participar do processo de forma voluntária ou ainda servir como militares de carreira ou temporárias. 

No segundo caso, é necessário prestar concursos públicos. No Exército Brasileiro, por exemplo, há ofertas de vagas na Escola Complementar do Exército (EsFCEx), Escola de Saúde do Exército (EsSEx), Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), Instituto Militar de Engenharia (IME) e na Escola de Sargentos de Logística (EsSLog). Também há vagas na Escola de Sargentos das Armas (EsSA) e na Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAr).

Já a Marinha e a Aeronáutica, anualmente, disponibilizam concursos públicos para renovar o quadro efetivo e reservam vagas para homens e mulheres, com diferentes níveis de escolaridade. Outra possibilidade é participar dos processos de seleção para cargos temporários de oficiais e sargentos, com contratos que podem durar até oito anos.

A presença feminina nas Forças Armadas cresce a cada dia. Segundo o Ministério da Defesa, as Forças Armadas têm cerca de 28 mil mulheres. A Aeronáutica é a campeã de participação feminina, com 10,8 mil mulheres na corporação. Em seguida está o Exército, com 9,1 mil mulheres, e a Marinha, com 8,1 mil.

Cargos

A partir da entrada na carreira militar, as mulheres desempenham funções nas mesmas condições dos militares do sexo masculino, recebendo a mesma instrução básica e concorrendo às promoções em condições de igualdade.

Salários

A remuneração desponta como outro atrativo e dispõe de vencimento básico, adicionais, gratificações, além de reajuste anual seguindo determinação da Lei nº 13.321. Segundo a tabela divulgada no Diário Oficial da União, os salários vão de R$ 3.825 (para sargentos e cabos) a R$ 11.451 (para Capitão de Mar e Guerra e Coronel).

* Por: Colégio Apogeu
* Publicada em 24/01/2019

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below