Presidente bielorrusso ordena fechamento de fronteiras e mobiliza as Forças Armadas

Após seis semanas de protestos, críticas ao seu governo por parte da União Europeia e dos Estados Unidos aumentaram

O presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, ordenou o fechamento das fronteiras com a Polônia e a Lituânia, e colocou as forças armadas em estado de prontidão. Após seis semanas de protestos, críticas ao seu governo por parte da União Europeia e dos Estados Unidos aumentaram.

Já o primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, disse esta sexta-feira (18) durante uma visita à Lituânia que os dois países, vão continuar a oferecer assistência médica e material aos bielorrussos perseguidos durante os protestos.

Na quinta-feira (17), a principal candidata da oposição anunciou que os ativistas estariam a compilar uma lista de agentes da autoridade alegadamente envolvidos na violência contra os manifestantes.

Desde as eleições presidenciais no início de agosto que cerca de sete mil pessoas foram detidas e centenas agredidas pelas forças da autoridade.

  • Com agências internacionais


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!