Presidente da República e ministro da Defesa visitam Comando de Operações Especiais do Exército Brasileiro

blank

Nessa sexta-feira (26), o Ministro da Defesa (MD), Fernando Azevedo, visitou o Comando de Operações Especiais (COPESP) do Exército Brasileiro (EB), localizado em Goiânia (GO).

O MD acompanhou o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o governador de Goiás, Ronaldo Ramos Caiado, durante as cerimônias de formatura militar e de demonstrações da tropa.

Após receber os cumprimentos do Comandante de Operações Especiais, general Mario Fernandes, o presidente e comitiva dirigiram-se ao Monumento Gorro Preto, local destinado a homenagear integrantes de operações especiais mortos em atividade militar.

Eles também visitaram o Museu COPESP, assistiram demonstração de tiro e de salto livre operacional. Em discurso, o Presidente Bolsonaro recordou os 15 anos de serviço efetivo que prestou ao Exército e relatou o orgulho de ter servido na Brigada de Infantaria Paraquedista.

Ele falou ainda sobre a importância da união para o êxito na missão e elogiou o trabalho dos militares. “Trabalhamos pela nossa Pátria, trabalhamos pelo futuro de todos”, afirmou.

Em sua primeira visita ao COPESP como Ministro, Fernando Azevedo ressaltou o prestígio da Organização Militar em receber a visita do comandante supremo das Forças Armadas. “É muito importante o Presidente Bolsonaro conhecer essa tropa de elite do EB que tanto contribuiu ao serviço do país”, disse.

Na ocasião, o Ministro Fernando tirou foto ao lado da estátua do pai, o Major de Infantaria Gilberto Antônio Azevedo e Silva. “Meu pai foi o pioneiro do curso de Forças Especiais (FE), em 1957, e voltar aqui e rever a materialização da vida que ele dedicou, é muita emoção para mim”, declarou.

O COPESP é subordinado ao Comando Militar do Planalto (CMP) e seus integrantes são considerados como a tropa de elite das unidades militares do Exército.

Unidades integrantes

A estrutura do COPESP é composta pelas seguintes organizações militares:

  • 1º Batalhão de Forças Especiais;
  • 1º Batalhão de Ações de Comandos;
  • 1º Batalhão de Operações Psicológicas;
  • Batalhão de Apoio às Operações Especiais;
  • Base Administrativa do Comando de Operações Especiais;
  • Companhia de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear; e
  • 6º Pelotão de Polícia do Exército, localizadas em Goiânia (GO) e, ainda, o Centro de Instrução de Operações Especiais, situado no Forte Imbuy, Niterói (RJ) e a 3ª Companhia de Forças Especiais, em Manaus (AM).

3 COMENTÁRIOS

  1. Com orçamento de 29bi dólares 80% para pagar pensão de filha aposentadoria precoce e salários, 444mil de contingente 400 generais da ativa .115mil filhas pensionistas 2 mil generais aposentado.
    Graças nunca precisamos usar os funcionários públicos aí das tais forças

    Defesa nunca existiu só gastos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here