Presidente da República saúda novos generais do Exército Brasileiro

blank
O presidente Jair Bolsonaro, participa da cerimônia de cumprimentos aos Oficiais-Generais recém-promovidos... Valter Campanato/Agência Brasil

Google News

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou na manhã dessa sexta-feira (9), de uma cerimônia alusiva a promoção de oficiais-generais do Exército Brasileiro (EB), no Clube do Exército, em Brasília.

Os novos generais receberam a medalha da Ordem do Mérito Militar por serviços prestados. O Presidente os saudou: “O exemplo dos senhores será o oxigênio para aqueles que vocês comandam e uma certeza para aqueles que os comandaram de que esses postos estão sendo muito bem preenchidos”, disse.

Durante seu discurso, Bolsonaro afirmou que “a Deus devemos nossas vidas e ao Exército e algumas outras instituições devemos nossa liberdade”.

“Colegas nossos do passado tombaram por essa liberdade e outros tiveram suas reputações praticamente destruídas pela infâmia e pela mentira. Mas a consciência de todos nós é de que estávamos no caminho certo”, disse.

O presidente lembrou ainda o episódio em que levou uma facada, durante o período eleitoral. “Os senhores sabem de quão perto do perigo estávamos há pouco tempo. Quis Deus lhes dar uma oportunidade pela minha vida e que pelas mãos de muitos dos senhores me colocou na situação em que me encontro. Nada poderei fazer sozinho. Só podemos fazer alguma coisa me equipe e em conjunto”, ressaltou.

Bolsonaro também aproveitou a ocasião para elogiar o general de exército (R/1) Eduardo Villas Bôas (ex-comandante da força terrestre) e o ministro Sergio Moro, a quem se referiu como um homem de ‘coragem e galhardia’. “Ele é uma pessoa que devemos em grande parte a situação em que o Brasil se encontra, ao lado da democracia”.

Por volta das 16h, o presidente participou ainda da cerimônia de cumprimentos aos oficiais-generais recém-promovidos das três forças, no Palácio do Planalto. Durante o evento, ele ressaltou tratar-se de um momento de alegria e reconhecimento.

“Feliz a nação que tem forças armadas comprometida com a democracia e a liberdade. É motivo de orgulho a certeza de que, do que depender deles e subordinados, o Brasil estará sempre em boas mãos”, concluiu.

O evento contou com a presença do vice-presidente Hamilton Mourão, o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e do general Augusto Heleno.

  • Com agências nacionais


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio:

3 COMENTÁRIOS

  1. Esse negócio de dizer que tá sucateada é um clichê.

    Se tiver guerra, os homens estão bem preparados e o material aparece, por bem ou por mau.

    O importante é manter essa coesão.

    O nosso maior inimigo ainda é interno…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here