Real Força Aérea reativa o 9º Esquadrão como mais recente unidade de caça Typhoon

A RAF reativou o 9º Esquadrão como sua mais recente unidade Eurofighter Typhoon. Foto: Crown Copyright

A Real Força Aérea (RAF) realizou em Lossiemouth (Escócia), cerimônia de reativação do 9º esquadrão, o qual era de aeronaves Panavia Tornado GR4, e baseado em Marham, agora como unidade operacional de Eurofighter Typhoon da RAF.

O chefe do Estado-Maior da RAF, Sir Steven Hillier, anunciou pela primeira vez o retorno do 9º Esquadrão em julho de 2018. Falando na ‘Air Power Conference 2018’, Hillier disse que alguns esquadrões seriam reativados e preenchido com caças Typhoon já programados para sair de serviço, mas que foram poupados durante a Revisão Estratégica de Defesa e Segurança (SDSR) em 2015.

O vice comandante das operações aéreas (em 2016), marechal Greg Bagwell (hoje aposentado), disse que os 24 primeiros Typhoons (type Tranche 1) seriam colocados em atividade como uma força de defesa aérea separada, em apoio as type Tranche 2 e 3, que possuem capacidade multirole.

“A questão era como operar o Tranche 1 ao lado dos Tranche 2 e 3, pois há pouquíssimas partes comuns entre eles, então foi decidido que o plano deveria ser, de ser operar dois novos esquadrões Typhoons type Tranche 1 “, disse Bagwell em abril de 2016.

No entanto, quando Hillier anunciou a volta do 9º Esquadrão, ele disse que não deverá mais separar os type Tranche 1 dos types Tranche 2/3 dessa maneira, e sim por esquadrões: 1 (Fighter), 2 (Army Cooperation), 3 (Fighter), 6, 9, 11 (Fighter) e 12 (Bomber) que formariam uma mistura de padrões.

  • Com informações do site IHS Janes, por: Gareth Jennings
  • Tradução e Adaptação: Anderson Gabino (DefesaTV)


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below