Rosoboronexport conclui primeiro contrato de exportação do helicóptero Mi-38T

A empresa russa de exportação de defesa Rosoboronexport, concluiu o primeiro acordo de exportação do helicóptero Mi-38T, para um país não divulgado, informou o diretor da empresa, Aleksandr Mikheev.

Segundo Mikheev, a Rosoboronoexport está em contato com parceiros estrangeiros para fornecer outros modelos de helicópteros, além de afirmar que o Mi-38T é único no segmento. O novo modelo reúne diversos equipamentos de alta tecnologia.

Em entrevista, o vice-diretor do jornal militar Aviapanorama, major-general Vladimir Popov, comentou as vantagens do novo modelo: “O que torna nossos helicópteros diferentes dos congêneres estrangeiros é a relação preço-qualidade. Devemos entender que hoje isso é realmente uma vantagem competitiva, a mais característica”.

Essa vantagem seria ainda maior para os países que já estão habituados aos modelos anteriores de fabricação russa ou soviética, como os helicópteros Mi-8, Mi-2, Mi-26 e Mi-24.

A versão militar do Mi-38N se diferencia da versão civil pela instalação de um sistema de combustível com proteção contra explosão em caso de pousos forçados, assim como tanques adicionais e recursos especiais de comunicação.

O modelo foi projetado para transportar até quarenta militares, além de cargas até cinco toneladas no interior ou fixadas nos pods externos do aparelho. O helicóptero pode operar dia e noite sob condições climáticas e geográficas extremas. Seus voos podem ser efetuados a altitudes de até 6.300 metros.

Os helicópteros Mi-38 podem ser usados para o transporte de cargas e passageiros, operações de busca e salvamento, transporte VIP, seja em condições climáticas marítimas, tropicais ou frias. Com base na versão de transporte do Mi-38T, está prevista a fabricação de helicópteros especializados, incluindo a versão ártica.

 

 

  • Com agências internacionais