Rostec patenteia tecnologia que permite duplicar vida útil das armas ligeiras

Instituto Central de Pesquisa Científica de Engenharia de Precisão (TsNIITochMash) patenteou tecnologia que duplica a vida útil das armas ligeiras e aumenta a fiabilidade do seu funcionamento, informou nesta segunda-feira (27) por meio de uma comunicado à imprensa fornecido pela assessoria de imprensa da empresa.

“A durabilidade das armas fabricadas usando a nova tecnologia tem excedido significativamente os indicadores dos modelos padrão”, disse Sergei Abramov, diretor industrial do departamento de armas, munições e produtos químicos especiais do conglomerado russo Rostec, que foi citado pela nota.

Segundo a Rostec, as soluções técnicas propostas são “bastante simples de executar” e a modificação das armas “não requer custos adicionais significativos”.

A tecnologia foi testada na fabricação de fuzis de precisão e fuzis de assalto. As modificações afetaram principalmente o design da culatra, onde tornou-se possível fixar sua posição na caixa de tiro automático e eliminar percussões não controladas durante o disparo.

As armas foram submetidas a uma combinação de testes: tiros em condições de poeira, chuva e outras. No resultado, os testes mostraram que a modificação do design aumentou a confiabilidade e a vida útil da arma.

  • Com informações de agências de notícias internacionais




Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here