Rússia monitora grupo de batalha da OTAN entrando no mar Báltico

Segundo publicação em sua conta do twitter, a rede de monitoramento Intel Ska & Air, relatou que um grupo de batalha da OTAN, tendo como capitânia o navio de patrulha dinamarquês (F357) Thetis entrou na região do mar Báltico. O navio está acompanhado por embarcações das Marinhas Holandesa, Belga, Norueguesa e Alemã.

As forças russas estão monitorando a situação. Além disso, foi organizado um plantão de navios, de sistemas de mísseis de proteção costeira Bastion e Bal, bem como da aviação naval.

O chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia, Valery Gerasimov apelou à OTAN para pôr termos, as atividades próximas as fronteiras russas e com isso buscar diminuir a tensão.

Entretanto, Bruxelas, em resposta, fez referência a um documento, colocado no site da OTAN, intitulado “5 principais mitos da Rússia sobre a OTAN“, em que a aliança esclarece o deslocamento de suas forças perto das fronteiras da Rússia.

Os dados publicados pelo Intel Ska & Air, tem como fonte o site MarineTraffic. O grupo passou pelo estreito de Oresund na quarta-feira (1) à noite. Atualmente, os navios navegam perto da ilha dinamarquesa de Bornholm.

No dia 18 de abril, um outro grupo, composto pelo destróier USS Gravely, bem como pelas fragatas K. Pulaski da Marinha polonesa, Gokova da Marinha turca, e Juan de Borbón da Marinha espanhola, havia também entrado no mar Báltico.

  • Com informações de agência de notícias internacionais


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Ninguém do DefesaTV está autorizado a entrar em contato com os leitores. Caso deseje de alguma informação envie um e-mail [email protected]esa.tv.br

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here