Rússia pretende pousar na Lua em 2030

blank

O diretor-geral da corporação espacial russa Roscosmos, Dmitri Rogozin, revelou que um voo tripulado para Lua com possível desembarque de cosmonautas russos está previsto para 2030. “O pouso na Lua está programado para o ano 2030”, disse Rogozin durante palestra na Universidade de Moscou (MGU).

Ele acrescentou ainda que, em 2029, a Lua será orbitada por “aparatos” espaciais, e, em 2030, módulos serão implantados na superfície lunar, onde os cosmonautas irão trabalhar. Rogozin também comentou que uma espaçonave russa voará para a Lua entre 2026 e 2028, sem tripulação.

“Entre 2026 e 2028, haverá muitos testes em voo”, disse ele. O chefe da Roscosmos declarou que “não acredita muito” na exploração industrial dos recursos da Lua. “Eu não acredito muito no uso industrial da Lua”, disse Rogozin.

Durante sua apresentação, Rogozin também comentou sobre os planos dos EUA de desembarcar astronautas na Lua em 2024. Segundo ele, se trata de um “show”. “Temos informações de que o Congresso vai alocar mais fundos para esse show com o pouso na Lua (em 2024) e alocará menos para a estação lunar orbital”, disse ele.

Previa-se anteriormente que os EUA criariam, em cooperação internacional, a estação da Plataforma Orbital Lunar, e que o primeiro módulo seria inserido na órbita em 2024. A Rússia poderia criar um módulo de acoplamento neste projeto e também ajudar na criação de um sistema de transporte espacial.

De acordo com os planos mais recentes, os Estados Unidos planejam o desembarque de astronautas na Lua em 2024.

  • Com informações de agências de notícias internacionais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here