Rússia testa pela primeira vez lançamento de míssil hipersônico a partir de um submarino

O míssil pode atingir nove vezes a velocidade do som e alcançar alvos a 997km de distância

O governo Russo anunciou nesta segunda-feira (04) a realização do primeiro lançamento de um míssil hipersônico “Tsirkon”, a partir de um submarino. Em julho, o míssil já havia sido lançado, porem feito de uma fragata da Marinha russa.

Segundo o ministério da Defesa, o teste ocorreu em 1 de outubro. O lançamento, realizado no submarino nuclear Severodvinsk a uma profundidade de 39 metros no Mar de Barents, “atingiu o alvo escolhido com sucesso”.

O presidente russo, Vladimir Putin, já havia falado que o novo míssil pode atingir nove vezes a velocidade do som e alcançar alvos a 997 km de distância. A velocidade dele faz com que, esse tipo de míssil ultrapasse com facilidade sistemas de defesa.

O uso desse tipo de armamento foi anunciado por Putin ainda em 2018. Na ocasião, durante discurso, disse que seria possível atingir “quase qualquer ponto do mundo” e escapar de “um escudo antimísseis construído pelos EUA”.

  • Com agências internacionais