Saab e Boeing realizam teste de disparo de Bomba de Pequeno Diâmetro Lançada do Solo

A Saab, em parceria com a Boeing, realizou com sucesso um teste de lançamento de longo alcance da Bomba de Pequeno Diâmetro Disparada do Solo GLSDB, (do inglês Ground-Launched Small Diameter Bomb), na Noruega.

O lançamento teste foi realizado no Centro de Testes de Andoya, em Andenes, Noruega, em 26 de setembro. O objetivo era atingir um alvo pré-determinado no mar, a 130 km de distância do local de lançamento. O disparo foi realizado a partir de um contêiner de 20 pés totalmente autônomo, fabricado sob medida.

“Em parceria com a Boeing, desenvolvemos um sistema altamente competente que oferece alta precisão a longas distâncias. Vemos muito potencial no GLSDB, uma vez que ele fornece às forças armadas do mundo todo uma capacidade de artilharia de longo alcance, para qual há grande demanda”, diz Görgen Johansson, head da área de negócios Dynamics, da Saab.

O GLSDB é fruto de uma parceria entre a Saab e a Boeing. O sistema GLSDB se destaca por sua grande precisão a longas distâncias, além de ser capaz de navegar por trajetórias complexas e realizar manobras para atingir alvos que não poderiam ser atingidos com armamentos de fogo, direto ou indireto, tradicionais.

Ele é independente do lançador, ou seja, pode ser disparado a partir de uma solução em contêiner, bem como de qualquer lançador que utilize o contêiner de lançamentos M26, tais como HIMARS, M270 e ChunMoo.

A solução em contêiner pode ainda ser utilizada a bordo de navios, conferindo ao GLSDB a capacidade de ser disparado de lançadores tanto do solo quanto do mar.

“A Boeing e a Saab combinam o seu profundo conhecimento em sistemas de armamento de precisão e capacidade de integrar e testar soluções rapidamente”, destaca Cindy Gruensfelder, vice-presidente da Boeing Weapons.

“A combinação do conhecimento, experiência e recursos das nossas empresas resultou em uma solução de artilharia de foguetes global avançada, econômica e sustentável que garante as capacidades necessárias para enfrentar os cenários de combate atuais e ameaças futuras em um ambiente operacional de forças conjuntas”, finalizou.

O GLSDB garante às forças terrestres e navais a capacidade móvel e orgânica de atingir alvos que estavam, até agora, fora do seu alcance. Isso é possibilitado pelas capacidades de manobrabilidade e precisão das Bombas de Pequeno Diâmetro.

O GLSDB é o que há de mais atual em soluções de longo alcance, combinando preço e desempenho, além de atender às crescentes necessidades das forças armadas, hoje e amanhã.

Este slideshow necessita de JavaScript.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below