Segurança Privada no Brasil. (parte 3)

Porque não temos força e representatividade?

Uma ótima pergunta a todos os profissionais da área de segurança privada…..Alguém ai tem uma boa resposta? Sim? Não? Talvez?…..

Pois bem eu acredito que tenha uma resposta bem simples e ao mesmo tempo muito triste e vergonhosa… Somos realmente insignificantes ou considerados como tal. Qual outra resposta representa mais cruamente nossa situação hoje?

Vamos começar com o exemplo de outra categoria; não menos importante, com riscos reais e muitas vezes amparados diretamente pela segurança privada. Os Caminhoneiros.

Uma categoria que não precisa de apresentações nem de muitas explicações. Nas ultimas décadas aconteceram cerca de 6 (seis) paralisações que ocorreram no país entre 1979 e 2018. Todas elas evoluindo os níveis de adesão, reivindicações e resultados obtidos. Mas a paralisação não é nosso foco aqui, nosso foco é a união e a força gerada em grupo pelos motoristas e apoiadores dos movimentos.

Força esta que nos falta em muitos momentos decisivo de nossa jornada. Alguns dos senhores (as) acompanham as tramitações políticas de nossas reivindicações junto à câmara dos deputados e senado federal, uma destas reivindicações era a PL 6635/2016, autoria de Alberto Fraga – DEM/DF, que propunha Alterar a Lei nº 7.102/1983. Sabem o que aconteceu com ela e porque estou falando no “passado” é porque ela é passado, foi arquivada, ou melhor, morreu.

Alguns dos aqui leitores vão falar: desinformado, noticia velha, etc….Ok verdade noticia velha. Mas e as novas noticias????? não tem???? Porque??? Ninguém luta ou se levanta em nosso apoio ou ajuda??? Foi arquivada e deixada como esta porque era muito boa…

Em: 04/01/2017 – Às Comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; Trabalho, de Administração e Serviço Público; Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços e Constituição e Justiça e de Cidadania (Art. 54 RICD) – Art. 24, II Proposição Sujeita à Apreciação Conclusiva pelas Comissões – Art. 24 II. Regime de Tramitação: Ordinária (Art. 151, III, RICD)

Ultima posição: 01/01/2019 – Mesa Diretora da Câmara dos Deputados ( MESA ) Arquivado nos termos do Artigo 105 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados.

O que ou a que refere se este artigo que justifica o motivo do Arquivamento???

RICD – RESOLUÇÃO Nº 17, DE 1989 Aprova o Regimento Interno da Câmara dos Deputados:

Em seu Art. 105. Dispõem:

Art. 105. Finda a legislatura, arquivar-se-ão todas as proposições que no seu decurso tenham sido submetidas à deliberação da Câmara e ainda se encontrem em tramitação, bem como as que abram crédito suplementar, com pareceres ou sem eles, salvo as:

I – com pareceres favoráveis de todas as Comissões;

II – já aprovadas em turno único, em primeiro ou segundo turno;

III – que tenham tramitado pelo Senado, ou dele originárias;

IV – de iniciativa popular;

V – de iniciativa de outro Poder ou do Procurador-Geral da República.

Parágrafo único. A proposição poderá ser desarquivada mediante requerimento do Autor, ou Autores, dentro dos primeiros cento e oitenta dias da primeira sessão legislativa ordinária da legislatura subsequente, retomando a tramitação desde o estágio em que se encontrava.

Volto a pergunta original, pedindo observação ao Parágrafo único do RICD Art. 105. (GN): A proposição poderá ser desarquivada mediante requerimento do Autor, ou Autores, dentro dos primeiros cento e oitenta dias da primeira sessão legislativa ordinária da legislatura subsequente, retomando a tramitação desde o estágio em que se encontrava.

Os senhores ou senhores(as) tem noticia sobre o desarquivamento desta PL 6635/2016? observar referência a prazos.

Outra Situação de nosso interesse PL 4238/2012, autoria do atual Prefeito do Rio de Janeiro, então Senador Marcelo Crivella – PRB/RJ – Altera o art. 19 da Lei nº 7.102, de 20 de junho de 1983, para dispor sobre o piso nacional de salário dos empregados em empresas particulares que explorem serviços de vigilância e transporte de valores. Na época era de R$ 800,00 (segundo a PL) e propunha um aumento para R$ 1.100,00 teto maximo, pergunto: Qual o teto da categoria hoje?????.

I- Vigilante    R$1.547,12 Sem gratificação

Fonte: seevissp

Segundo o DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, o salário da categoria deveria ser de R$ 3.182,16 (três mil cento e oitenta e dois reais e dezesseis centavos). Pergunta: Para que servira mesmo esta PL 4238/2012???

Os senhores conseguiram entender o ponto em que eu quero chegar? A atenção dada aos nossos interesses esta tão a quem do que precisamos que chega a ser motivo de descaso de todos. A desatenção geral com nossa classe é cruel, pois um projeto de lei que deveria nos ajudar em 2012 ainda espera resposta para 2019 e já esta defasado e inútil em seu desenho base. Já a PL 6635/2016 que poderia realmente mudar nossa formatação geral como profissão esta esquecida e prestes a retroceder ate o inicio e olha se não sumir de vez.

Senhores e Senhoras, profissionais da segurança privada, até quando a valorização pessoal, profissional e humana; porque não, de nossa classe vai ficar relegada a interesses de outros? Força e união, foco, cobrança de nossos representantes, soluções imediatas de curto e médio prazo. Somos um efetivo de mais de 1.7 milhões de profissionais será que nem assim nos tocamos que temos força e valor?

Coluna – Segurança em Foco.

Fiquem bem e seguros, Sou Alexandre Martins e nos falamos em breve.

SP, 23/04/2019 – 15:55hs

Fontes:

Fotos – Internet

Informação:

https://veja.abril.com.br/blog/reveja/brasil-nao-aprendeu-nada-com-a-greve-dos-caminhoneiros-de-19-anos-atras/

https://trucao.com.br/4-vezes-que-caminhoneiros-pararam-o-brasil/

https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=2120207

https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=552197

https://www12.senado.leg.br/institucional/presidencia/noticia/eunicio-oliveira/representantes-da-policia-federal-e-do-setor-de-seguranca-pedem-votacao-do-estatuto-da-seguranca-privada

http://arquivos.sesvesp.com.br/newsletter/circulares/18/4784/5.pdf

https://www.youtube.com/watch?v=Vdq8BzzxCes

https://www.vigilanciaseguranca.com.br/2019/01/piso-salarial-do-vigilante-sp-2019.html

http://seevissp.org.br/cargos-e-salarios/

https://dissidio.com.br/salario/cbo-517330/vigilante/

http://seevissp.org.br/wp-content/uploads/2018/12/Tabela-de-C%C3%A1lculos-2019-Seguran%C3%A7a-Privada_MTE.pdf

http://seevissp.org.br/wp-content/uploads/2019/01/CCTSEEVISSP2019-2020.pdf

https://salariominimo2016.org/piso-salarial-vigilante/

http://fitv.com.br/site/destaque/apoia-em-audiencia-na-camara-dos-deputados-contrasp-discute-o-estatuto-do-vigilante

Policia Federal, Câmara dos Deputados, Senado da Republica, CNGS, SESVESP, ABSEG e JusBrasil.

25 COMENTÁRIOS

    • Também concordo , com uma grande greve de todos os vigilantes. E uma vergonha pra quem trabalha na segurança privada. Os vigilante de escolta armarda e carro forte, trabalhar no serviço de grande risco, trocam tiros com vagabundos e volta pra casa desarmado, isso é uma grande vergonha .
      Cadê o nosso presidente Jair Bolsonaro, que falou que iria dar o porte de arma p os vigilantes?????

      • Ola Giliard
        Como já disse na resposta ao Sr. Angelo Lima, pessoalmente não vejo a greve com bons olhos e me expliquei por lá. Mas é fato que o risco é absurdamente alto, porem não podemos nos amparar nesta justificativa para fazer valer uma mudança de Lei; não só no que se refere ao porte de armas mas sim a valorização mais ampla da categoria. Esta mudança especifica se justificaria com a qualificação e implementação técnica do profissional da área. Alias este tema do porte de armas sera a nossa próxima pauta. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

    • Ola Agnaldo
      Políticos não precisam ir aos bancos, os bancos vão a eles. desta foram não faria real diferença pois quem iria sofrer seriam novamente os mais fracos, o povo, ou seja nos mesmos. O inicio de nossa mudança real se passa pela Valorização real de nossa classe. Representatividade Sindical e Politica forte e real. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

  1. Irmãos parceirosnossa classe e resumida, alguns são contra tudo isso, aqui no piaui e assim no Nordeste todo,ficam com medo de procurar seus direitos tem medo desses patroes certo, porque ficam com medo de perder o emprego, eu acho quer agora quer o nossos representantes sindicalistas perderam forças aí é quer vai ficar pior . Aqui no piaui faz e vergonha do nós do sindicato não são todos mais a maioria se vendem , agora mesmo desça gestão inova esperamos melhorar novamente o outro presidente da gestão antiga depois de tanta reclamação denúncia ele vai se candidatar novamente e pode ser quer ganha. E brincadeira nesse país de representantes de políticos quer tem processos contra eles se candidatarem novamente pra assumir o cargo e Mulecagem e só nesse país mesmo e culpados são o povo de elegerem de novo esses canalhas, por isso quer sofrem não vai pra frente. Os trabalhadores sofrem demais como nos vigilantes, arriscando nossas.vidas pra ganhar pouco e ainda receber com atraso. Não falo de empresa grande, mais aqui no Piauí as empresas pequenas comprar até os gestores daqui , não são todos mais a maioria e de órgãos federais. Da o propinas pra eles,compro chefe de contratos e a maior reboliço, vou parar por aqui porque podem até mandarem fazer besteira mais confie e a pura verdade , se eu soubesse algum contato do ministro Sérgio moro eu ia era denunciar a ele. Eu acho quer o único homem de caráter quer temos nesse país.

    • Ola Arilio.
      Realmente é uma situação insustentável. Como disse na resposta ao Sr. Luiz Claudio. Chegamos a um ponto de ruptura. Quem representa quem? Mas a pergunta é quem elegeu nossos representantes? Novamente e já sendo chato, precisamos de representação real e representatividade politica. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

  2. O maior problema que vejo, é o total individualismo dos profissionais da área.
    Não querem se expor em algum movimento pró classe, por medo de represálias.
    Aguardar somente as aprovações legais será com toda certeza morrer precocemente.

    • Ola Fabio
      Este individualismo como você bem observou, é o motivo pelo qual ate hoje nossa classe esta relegada a meros VIGIAS de bens alheios, como era a base da profissão quando de sua criação la nos idos da década de 1960 no Decreto 1.034/69. Mas esta cultura individualista nos foi fortemente incentivada desde então por todos que tiveram algo a ganhar com ela. É chegada a hora de mudar. Faremos isto por meio de uma forte representação sindical e politica escolhida por nos. Com estes objetivos alcançados podemos lutar por reais melhorias para a classe. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

  3. Está mais do quê na hora, de mostrarmos o tamanho da nossa força e poder. Porque pelo que já percebi, o que está nos faltando, é união, o que é a base para se reivindicar todos os direitos. De uma determinada classe ou categoria de profissionais. Como o nobre colega, já falou no texto acima, somos milhões e milhões de profissionais da área de segurança privada. Vamos acordar, vamos nos unir e vamos para as ruas, parar geral o nosso País. Quando o governo vê, o tamanho do problema que eles criaram para o País. E também para as instituições públicas, financeiras e privadas, ou eles acordam e resolvem de vez a situação da segurança privada, ou o país vai se transformar em um caos total.

    • Ola Antônio
      Para que aconteça como desejamos precisamo primeiro do que você sabiamente disse UNIÃO. Conseguiremos esta por meio de uma forte representação sindical e politica estas seriam nossas necessidades básicas, com este objetivo alcançado podemos lutar por reais melhorias para a classe. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

  4. O que falta na categoria….é a união. .participação. ..interesse…e se profissionalizar…..Pr termos..forças..e valorização…Pr .cobrar um reajuste digno…da profissão. …se nós não agirmos..Pr.frente estaremos se conformando…com um salário mínimo. …daí será tarde demais…..depois não adianta reclamar…..

    • Ola Carlos
      Exatamente com tenho dito, interesse e força de vontade, cuidado e zelo com a imagem bem como com a valorização da profissão. Quando digo valorização não me refiro só a salario, na realidade nem é sobre salário e sim sobre o próprio profissional saber seu valor como individuo, profissional e pessoal humana. A união da classe e uma forte representação seja sindical ou politica seriam as nossa necessidades básicas de inicio. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

    • Ola Salvador e Luiz.
      Chegamos a um ponto de ruptura. Quem representa quem? Mas a pergunta é quem elegeu nossos representantes? Novamente e já sendo chato, precisamos de representação real e representatividade politica. Sobre o Art. 19 da Lei 7102/83 existem diversos julgamentos e jurisprudências ao fato de negativa no atendimento total ou parcial deste. Mas para que precisamos lutar na justiça para que uma LEI seja cumprida? Pelo mesmo fato que tenho escrito estes artigos. VALORIZAÇÃO, RESPEITO E RECONHECIMENTO PROFISSIONAL DA CLASSE. Assim reitero: Precisamos de representação real e representatividade politica. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

  5. Culpa da classe dos vigilantes estarem assim são seus representantes sindicais que amaram as mãos dos vigilantes impedindo eles de fazerem uma greve e brigar por seus direitos !! Os sindicatos hj em dia estão do lado das empresas e contra os vigilantes!! Quando isso mudar aí sim a categoria vai ter bastante melhorias !! Os atuais diretores de sindicatos estão nos cargos há mais de vinte anos lutando por benefícios próprios deles isso tem que acabar !

    • Ola Roberto
      A PL 6635/2016 estava tratando destes temas mas foi esquecida. Novamente digo como mudar a nossa realidade? precisamos de representação real e representatividade politica. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

  6. Bom dia, em primeiro lugar o GOVERNO FEDERAL dar autonomia para que as empresas tercerizadas foda com os profissionais, e mais eu estou trabalhando em uma mesmo que o nosso VR é um cartão zerado sem nada e ainda temos que pagar uma taxa por está com esse cartão, quer mais? Eu estou pagando 400,00 de vale transporte por que a empresa não dar meu vale transporte e ainda me cobra 6% de vale transporte sem me dar nada, agora eu pergunto, cadê a justiça? Quando precisamos deles, eles vão e dão a causa ganhe para a empresa, ou seja: fumo no nosso rabo, me desculpam a expressão aqui citada por mim, e se alguém acha que a empresa não faz isso; BLZ procura qualquer um dessa empresa, o nome dela é: (COMANDO G8) vai ver se tem algum Vigilante que está contente, ver aí, se é balela minha ou é a real.

    • Ola Sigilo
      Esta sua informação é grave e mostra uma brecha na legislação ou na fiscalização. Neste caso seria ai que deveriam entrar em cena nossos representantes e por fim a estas mazelas. Se por um lado de deu autonomia para a terceirização, seria correto pensar que o profissional poderia também ser autônomo e independente sem vínculos com um empresa e atuar como individuo prestador de serviços. Para tanto volto a dizer precisamos de representação real e representatividade politica, assim como hoje existe a representação da PM e PC nos poderes constituídos da republica. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

  7. Como profissional da área tenho que reconhecer que a área como uma só está distante do padrão que deveria estar, hoje a finalidade da segurança privada está longe da proposta segurança com a palavra em sua totalidade, a terceirização tem nos feitos escravos em meio a conflitos de interesses, a parte econômica no que diz respeito a nossos salários afeta de maneira significativa nossas futuras paralisações pois além de não termos diretrizes eficazes em nossas representações sindicais os quais são donos de uma parcela das empresas que estamos vinculados deixa boa parte de nossos irmãos de farda em uma posição de cheque para não perderem seus serviços já que quando estes tomarem a frente de alguma paralização terão FTs em seus lugares fazendo a paralização ser unilateral por uma parcela mínima da categoria e dela as empresas dando cabo e as demitindo por motivos quaisquer aleatoriamente, tornando o objetivo da paralização inalcançável e servindo de exemplo para futuras paralisações! Ainda na parte do aumento do salário para 3.000 reais este é de longe apenas um chamamento para a atenção ao salário defasado da categoria pois se apreciada a proposta passará por modificações e estes mesmos 3.000 poderiam ser reduzidos para 2.000 reais e com os benefícios hoje para complementar chegando na casa de 2.600 reais + valores dos tickets alimentação e refeição. E caso viesse a aumentar o salário certamente aumentariam os requisitos e boa parte do nosso efetivo estaria na rua após algumas reciclagens, o que seria tecnicamente bom para a categoria pois traria melhorias fundamentais a segurança privada em si e mudando o atual efetivo da mesma, porém a pergunta é!… Queremos melhoria para nós ou para a segurança privada? Ainda respondendo a parte da pergunta em si e fazendo outra, estamos nos preparados para um aumento de salários e um aumento de qualidade em nossos serviços?

    • Ola Luciano
      Gostei muito de suas observações.
      Um fato puxa o outro, mas um não justifica o outro. A profissionalização e a evolução do profissional da área é uma forma de capacitação não só pessoal mas também técnica operacional, individuo e coletivo, esta justificaria melhores oportunidades e salários. Um profissional fazendo este movimento se torna pessoal mas todos caminhando no mesmo sentido, torna-se a melhoria da classe. O aumento do salario será decorrência de capacidade e oportunidade, A qualidade e a profissionalização da classe é a nossa como indivíduos. Não podemos nos ver a parte da classe, pois somos a classe e a classe somos nos. Únidos e fortes.Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

    • Ola Angelo
      Pessoalmente não vejo a greve com bons olhos; explico. Toda vez que uma categoria se mobiliza para fazer greve; seja ela por qual motivo for, sempre vai aparecer um grupo de oportunistas querendo se aproveitar e se favorecer com o movimento e coragem alheia, e no final o que era para ser uma coisa boa acaba sem proposito e transformado em movimento politico com finalidades diferentes das desejadas e invariavelmente a parte inicial acaba responsabilizada pela parte ruim do fato e a outra fortalecida de alguma forma. Acredito sim em deixar claro que somos fortes, numerosos e não mais alienados incultos, precisamos sim de representatividade real e de entidades verdadeiramente voltadas a nossa representatividade. Caso estas já existam precisamos conversar e deixar claro realmente o que precisamos e desejamos. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

  8. O triste é que permitimos que pessoas desqualificadas na segurança privada e sem compromisso com nossos interesses nos representassem nas reuniões com os patrões e fizessem as negociações e nos roubaram tudo. Tá na hora de reagirmos e nos mobilizarmos nas redes sociais, nos postos de trabalho, nos centros de formações. E mostrarmos a esses pelegos nossa força.

    • Ola Ivan
      Existem dois ditados que cabem aqui. O primeiro é pantaneiro e diz: “Quem engorda o gado é o olho do dono” o Segundo era do meu falecido pai e ele dizia: ” quem quer faz, quem não quer manda”. Precisamos olhar mais e pessoalmente para nossa profissão e classe e deixar de mandar que o façam por nos. Continue acompanhando as próximas publicações onde irei aprofundar mais no nosso universo. Fique bem e seguro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below