Seminário Nacional de Trânsito é realizado na UFRGS

Evento que marcou o final da semana nacional de trânsito foi organizado pelo NUITRAN-UFRGS, núcleo do qual a PRF faz parte.

O primeiro Seminário Nacional de Trânsito foi realizado no Salão de Atos da UFRGS, em Porto Alegre, nesta terça-feira, 25, como encerramento da Semana Nacional de Trânsito. O evento foi organizado por vários órgãos, entre PRF, DetranRS, EPTC, Daer, SMS e UFRGS.

A abertura contou com a presença do secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Luciano Marcantônio, o superintendente da PRF, João Francisco de Oliveira, o diretor-geral do DetranRS, Paulo Roberto Kopschina, o presidente do Cetran/RS, Luiz Noé Souza Soares, o diretor de Gestão e Projetos do Daer, Sivori Sarti da Silva, o secretário municipal de Saúde adjunto de Porto Alegre, Pablo Sturmer, o diretor-presidente da EPTC, Marcelo Soletti, e representando a Reitoria da UFRGS, Christine Nodari.

Para debater suas experiências, falaram pela manhã a coordenadora do NUITRAN – Núcleo Universitário Interdisciplinar de Trânsito da UFRGS, a professora da faculdade engenharia da UFRGS, Christine Nodari, a representante do Ministério da Saúde pelo projeto Vida no Trânsito, Cheila de Lima, o presidente do Cetran/RS, Luiz Noé Soares, o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, João Francisco de Oliveira, e a representante do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento, Danielle Hoppe. Em pauta, educação para o trânsito, segurança e mobilidade sustentável.

O superintendente João Francisco lembrou a necessidade de investimento na prevenção do acidente de trânsito, o que, além de reduzir o número de vítimas, seria menos dispendioso para o governo e sociedade. O custo dos acidentes é bilionário e os investimentos devem abranger, além da fiscalização, na infraestrutura viária.

Após as palestras, ocorreu um debate, mediado pelo jornalista Tulio Milman, que reuniu os painelistas da manhã no Salão de Atos da UFRGS.

Painéis temáticos

À tarde, o evento dividiu o público em três grupos para acompanhar os painéis referentes a _educação para o trânsito, esforço legal e planejamento viário._

Na mesa que tratou de fiscalização e esforço legal Marcelo Saturnino, da PRF, falou da fiscalização direcionada, estratégia que visa potencializar recursos, valendo-se de tecnologia, como uso de smartphones pelos policiais, vídeo monitoramento das rodovias e levantamento estatístico informatizado dos acidentes.

O PRF Adilson Paulus, conselheiro do Contran, acredita que no futuro veículos semi-autônomos e autônomos trarão mais segurança ao trânsito. Hoje, 3,4 ocorrem por dia, por atos falhos dos motoristas.

Na mesa que debateu a educação para o trânsito, apresentou o _FETRAN: Transformando atitudes para salvar vidas_. Este é o lema do Festival Estudantil Temático de Trânsito, apresentado pela PRF Aline Stefanello, chefe do grupo de educação da PRF no RS. Em parceria com escolas, o projeto busca ser transversal, abrangendo todas as disciplinas, alertando crianças, pais e professores sobre a responsabilidade que todos têm no trânsito.

Fonte: Agência PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here