Submarino japonês colide com navio cargueiro, três submarinistas ficam feridos

Imagens via NHK & Japan Maritime Self Defense Force..

Google News

O secretário-chefe de gabinete Kato declarou um acidente no qual um submarino da Força de Autodefesa Marítima colidiu com um navio comercial privado na costa do Cabo Ashizuri, na província de Kochi por volta das 10h58 do dia 8.

Segundo o Ministério da Defesa, ninguém ficou ferido na tripulação do navio mercante particular, não há danos ao casco do navio, mas três integrantes do submarino japonês ficaram levemente feridos e sem necessidade de maiores cuidados hospitalares.

Segundo a Guarda Costeira Japonesa, o navio que colidiu com o submarino da Força de Autodefesa Marítima é o “Ocean Artemis”, registrado em Hong Kong (aproximadamente 50.000 toneladas). A carga era de cerca de 90.000 toneladas de minério de ferro e havia 21 chineses a bordo.

O “Ocean Artemis” registrado en Hong Kong (aproximadamente 50.000 toneladas).Imagem via NHK.

“Houve uma instrução do primeiro-ministro Suga para fazer todo o possível para reunir informações, para confirmar a segurança dos navios mercantes privados e para realizar rapidamente atividades de resgate, se necessário, e para fornecer informações ao público.”
Além disso, o secretário-chefe de gabinete Kato respondeu: “Quando entrei em contato com o navio com o qual o submarino supostamente colidiu, a Guarda Costeira do Japão disse: ‘Não há vibração e parece não haver danos.'” De acordo com as instruções do Primeiro-Ministro, trabalharemos em conjunto com as organizações relacionadas e faremos o nosso melhor para responder. “

O submarino “Soryu” estava no meio de uma sessão de treinamento depois que a inspeção regular foi concluída e parece que caiu enquanto subia à superficie do mar enquanto navegando para um porto próximo.

De acordo com o Ministério da Defesa, o submarino foi danificado em partes chamadas de “mastro de antena” que continham o periscópio e a antena de comunicações na estrutura chamada de “vela” do submarino.

Essa não é a primera vez que um acidente assim ocorre, pois em julho de 1988, o submarino “Nadashio” colidiu com um barco de pesca na costa da cidade de Yokosuka na prefeitura de Kanagawa, matando um total de 30 pescadores e tripulantes.

Em 2016 um submarino da Royal Navy se envolveu em um acidente semelhante enquanto cruzava o través do Estreito de Gibraltar, colidindo com o casco de um navio cargueiro, e na época, os danos ao submarino foram considerados graves, o que levou o subarino a permanecer meses parado no estaleiro para reparos.

Imagens via NHK & Japan Maritime Self Defense Force..

Sobre o submarino “Soryu”

Segundo o Ministério da Defesa, o submarino “Soryu” tem comprimento total de 84 metros e deslocamento de 2.950 toneladas. Foi comissionado em 2009 e pertence ao “1º Grupo de Submarinos” baseado na Base de Auto-Defesa Marítima de Kure. Está equipado com 6 tubos de torpedo e tem capacidade para 65 tripulantes.

Os submarinos da classe Sōryū ( 16SS ) são submarinos de ataque diesel-elétricos . O primeiro barco da classe entrou em serviço com a Força de Autodefesa Marítima do Japão em 2009. O projeto é uma evolução do submarino da classe Oyashio , do qual pode ser facilmente distinguido por sua combinação de aviões de mergulho e leme em forma de X na popa . Os Sōryūs têm o maior deslocamento de qualquer submarino usado pelo Japão do pós-guerra.

É o primeiro submarino de propulsão independente do Japão . De Sōryū a Shōryū são equipados com motores Kockums Naval Solutions Stirling licenciados pela Kawasaki Heavy Industries , permitindo que fiquem submersos por longos períodos de tempo. Além disso, o Ōryū é o primeiro submarino com bateria de íon de lítio do mundo . O custo do sexto submarino ( Kokuryū ) foi estimado em 540 milhões de dólares.

O submarino Hakuryu (SS-503) da Força de Autodefesa Marítima do Japão (JMSDF) chega à Base Conjunta de Pearl Harbor-Hickam para uma visita agendada ao porto em 6 de fevereiro. Enquanto estiver no porto, a tripulação do submarino conduzirá várias evoluções de treinamento e terá a oportunidade de aproveite os pontos turísticos e a cultura do Havaí. Foto da Marinha dos EUA pelo Comandante Christy Hagen .

 

 



Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: