Talebã já bloqueia acesso de ocidentais ao aeroporto de Kabul

blank
Imagem via redes sociais.

O Taleban agora está impedindo que ocidentais cheguem ao aeroporto de Cabul, de acordo com relatórios na manhã de quarta-feira, expandindo o bloqueio do aeroporto, apesar de garantir às forças da coalizão que estrangeiros teriam acesso aos voos de evacuação.

Voos privados, sendo organizados para contornar a retirada do governo Biden, também estão enfrentando “obstáculos crescentes”, de acordo com o The Wall Street Journal , e aviões fretados para resgatar americanos e seus aliados presos em Cabul, estão saíndo de Cabul com centenas de Assentos vazios.”

Na terça-feira, o Taleban “emitiu um decreto dizendo que apenas estrangeiros poderão acessar o aeroporto para evacuação”, relatou o Daily Mail. “Um porta-voz do grupo ordenou que os moradores voltassem para casa. As estradas da cidade para o aeroporto foram bloqueadas em uma tentativa de impedir que os afegãos partissem. ”

Esses bloqueios, observou o Mail, com base em um relatório do Politico, estão pegando não apenas os afegãos “mas também os cidadãos americanos” e interrompendo os esforços de evacuação. Os grupos que coordenam as evacuações precisam redirecionar as pessoas “em tempo real”.

“Os novos postos de controle do Taleban na estrada para o Paquistão tornaram a saída do país cada vez mais arriscada”, continuou o Wall Street Journal. “Obstáculos burocráticos confusos impediram inúmeras pessoas de deixar o Afeganistão.”

Existem relatos de cidadãos americanos, europeus e de afegãos que os Talebãs estão exigindo somas consideráveis em dinheiro vivo, dolares, euros ou ouro, para liberar a passagem de estrangeiros ou de afegãos ligados aos estrangeiros.

O conselho editorial do Washington Post observou na quarta-feira que “pode haver apenas três ou quatro dias restantes para a gigantesca ponte aérea atualmente em andamento, porque deve haver tempo para levar os EUA e outras tropas para garantir o aeroporto eles próprios. Na verdade, algumas tropas já começaram a sair. ”

“Enquanto isso”, no entanto, o Post disse, “o Talibã montou um novo bloqueio da estrada do aeroporto de Cabul para impedir a saída de mais afegãos”.

“Se o Sr. Biden se opõe a isso, ele não o disse em seu discurso”, apontou o conselho editorial do Washington Post. “Sr. Biden, em resumo, aceitou uma série de condições que parecem tornar muito mais difícil manter as promessas de evacuação que ele fez ou sugeriu fortemente. ”

“É uma combinação de trágico, surreal e apocalíptico”, disse o Programa de Resolução de Conflitos do Carter Center ao The Wall Street Journal. “É tão frustrante levar pessoas de alto risco até o portão e fazê-las arriscar suas vidas para ir até lá e você ainda não consegue fazer com que elas passem. É um desastre em câmera lenta e rápida. ”

Instituições de caridade privadas e grupos como o Fundo Nazareno tentaram intervir para ajudar aqueles que precisam de uma evacuação rápida, mas esses esforços estão se tornando mais difíceis conforme o prazo para a retirada se aproxima.

“É inspirador, mas, por outro lado, é uma reflexão contundente sobre o fracasso dos EUA de que os cidadãos privados estejam tendo que intervir para fazer o que o governo com todos os seus bilhões e trilhões falhou em fazer”.

O bloqueio complicou uma missão já perigosa: tirar os americanos restantes de Cabul. Embora o governo tenha resgatado cerca de 4.400 portadores de passaportes americanos e suas famílias ”, as autoridades americanas acreditam que milhares de americanos permanecem no Afeganistão, incluindo alguns muito além de Cabul, sem um meio seguro ou rápido de chegar ao aeroporto. Dezenas de milhares de afegãos que trabalharam para o governo dos Estados Unidos nos últimos 20 anos e têm direito a vistos especiais estão desesperados para sair ”, disse o New York Times .

Estudantes de San Diego em viagem de verão presos no Afeganistão controlado pelo Taleban

Dezenas de estudantes de San Diego, Califórnia, estão presos no Oriente Médio enquanto os militares dos EUA aceleram os planos de evacuar as forças do Afeganistão controlado pelo Taleban até o final do mês.

O San Diego Union-Tribune relata :

“Pelo menos 24 alunos do Cajon Valley Union School District em El Cajon e 16 pais estão presos no Afeganistão após uma viagem de verão ao exterior”. De acordo com o outlet, “Cajon Valley Supt. David Miyashiro disse aos membros do conselho do distrito escolar por mensagem de texto na terça-feira que ele e outros funcionários do Vale de Cajon se reuniram virtualmente com o deputado norte-americano Darrell Issa (R-Bonsall) e sua equipe sobre a situação. ”

“O congressista Issa e sua equipe estão trabalhando diligentemente para determinar os fatos no local, quaisquer barreiras burocráticas que possam ser removidas e as melhores maneiras de ajudar os estudantes a deixar o Afeganistão e voltar para casa com segurança”, disse um funcionário do escritório de Issa por e-mail para o Union-Tribune. “Não vamos parar até que tenhamos respostas e ação.”

Um relatório da ABC 7 disse que os alunos estavam atualmente em Cabul com seus pais depois de visitar parentes “em uma viagem não autorizada pela escola”. Quando o Taleban assumiu o controle, alguns já estavam a caminho do aeroporto.

Jo Alegria, membro do Conselho Escolar do Vale de Cajon, disse que o distrito está tentando ajudar a agilizar o retorno dos alunos e de suas famílias à América, depois que eles não conseguiram chegar ao aeroporto para os voos programados.

Várias famílias com vistos especiais para o serviço militar dos EUA contataram Mike Serban, que dirige o programa Family and Children Engagement (FACE), que trabalha com famílias de refugiados com crianças matriculadas nas 28 escolas do distrito. Os pais temiam que os alunos “perdessem um lugar na sala de aula”, de acordo com o Union-Tribune.

“Eles entraram em contato conosco especificamente para descobrir (se pudéssemos) uma vaga para eles na escola”, disse Serban à ABC. “Dissemos com certeza, é o mínimo que podemos fazer para aliviar o seu estresse.”

Serban disse ao CBS8 News que as famílias estavam “tentando encontrar o caminho para o aeroporto ou de avião”.

“Estamos trabalhando muito próximos aos funcionários do governo federal para alcançá-los, fazer conexões, fazer com que os dois se conectem, de modo que o governo federal saiba quem está lá e como eles podem apoiá-los para trazê-los de volta aos Estados Unidos ”, Disse Serban.

O presidente Joe Biden disse na terça-feira que os EUA estavam se retirando do Afeganistão até 31 de agosto, prazo que um porta-voz do Taleban disse que não seria prorrogado.

  • Com informações de Emily Zanotti/Daily Wire, Fox News, AFP, CBS News, France Inter, Reuters via redação Orbis Defense Europe/Genebra.