Terceirização da Segurança Privada

O serviço de segurança privada no Brasil é rigorosamente controlado pela Polícia Federal (PF), a qual exige que todos os vigilantes sejam reciclados profissionalmente no máximo a cada dois anos.

Além disso a PF faz um rígido controle das armas, munições e coletes a prova de balas (balísticos) usados no serviço de segurança, equipamentos estes que são de propriedade das empresas de segurança privada ou das empresas que mantem este serviço na modalidade orgânica.

Se as empresas e instituições de outros ramos de negócios e atividades tivessem unicamente que contratar profissionais de segurança de forma direta, ou seja: na modalidade orgânica, para proteção de seus patrimônios, teriam que incorporar dentro de suas rotinas administrativas e operacionais procedimentos burocráticos específicos do serviço de vigilância patrimonial.

Isso faria com que as empresas fugissem assim do seu core business, perdendo seu foco estratégico, sendo então a terceirização do serviço de segurança uma opção muito mais prática e lógica do que ter essa tarefa de forma direta nas organizações que não são do segmento e se tornaria oneroso e ineficiente.

Terceirizar a segurança é a melhor decisão em termos empresariais e até mesmo trabalhistas, evita a preocupação com custos diretos de recrutamento, contratações, treinamentos, rescisões, trocas de funcionários, substituição nas férias, faltas, licenças médicas, etc.

Traz economia de tempo e dinheiro para a empresa contratante e gera mais empregos para o mercado de trabalho.

Mas, por fim, é importantíssimo que, em se optando por terceirizar os serviços de segurança, deve-se buscar unicamente empresas sérias, confiáveis e devidamente certificadas e autorizadas a funcionar pela Polícia Federal, e que possam atender todas as demandas e requisitos do serviço proposto com qualidade e preço justo.



19 COMENTÁRIOS

  1. Terceirização único que perde é o profissional é mal remunerado e fica à mercê das empresas, que costuma usar de má fé de várias formas burlando o sistema CLT.

    • A FecomercioSP reconhece a relevância econômica e social exercida pelas atividades terceirizadas no Brasil, que hoje empregam mais de 10 milhões de trabalhadores formais e já fazem parte da organização produtiva das companhias há muito tempo.

    • Irmão não sei qual local o guerreiro mora e qual sindicato pertence ou qual empresa
      Mais Acredito que também os vigilantes devem fazer a avaliação Propia da empresa que vai entrar antes de aceitar onsalario que ganha
      Aqui em matão São Paulo

      SPVM SEGURANÇA PATRIMONIAL
      Salário 1547.46
      Pericl. 464,16
      Gratif 12%188.00
      C Básica 137.00
      Diárias ticket 20.00 Por dia total 12×36 300 reais
      Tudo R$2.630 MAIS OU MENOS

  2. TERCEIRIZAR é o método pífio e covarde das empresas que visam apenas o lucro a qualquer custo. O vigilante sempre é a parte mais prejudicada e todos os que auto glorificam especialista em segurança privada não conhecem a área na prática.

    • Já começaram só vcs que não vem isso com a nova modalidade das empresas de contratação onde vc só entra em uma empresa apartir de agora aí vc só submeter a trabalhar se “horista” onde as empresas escravisam país de famílias que nao tem outra opção a não ser aí submeter a ganhar uma miséria onde eles pagam 6,30 por hora trabalhados isso é uma covardia

  3. Que terceirização terceirização é o vigilante depois que se formar pode exercer a profissão autônoma para o seu ganha pão com direito de todos os acessórios.Pois já está capacitado para o trabalho se preferir ou se for contratado em impresas privados.Ha 12 anos atrás o segurança se formava e podia opitar para exercer a profissão autônomo ou registrado.Hoje tirarão os direitos dos trabalhadores ou seja profissionais.

  4. Segurança privada hj, foram achatadas pela a segurança pública” aqui no RJ o único trabalho em espécie para vigilantes é a bancária e transportes de valores,pq nós temos além de PMs, e policial civil nas suas horas de folgas, q tem o segundo emprego rachando a área, também temos um tal de centro presente, q são PMs q trabalham nas suas dias de folgas como segurança, e quem PG são os comerciantes, q pra eles e mais prático do q contratar vigilante..

  5. Na verdade o vigilante patrimonial cada vez mais perdendo o seu espaço no mercado de trabalho devido um sindicato fraco e muitas vezes corruptos, mal remunerados e humilhados pelas empresas pelo qual é colaborador, estamos perdendo espaço em todos os setores, no comercio, indústrias, Estados e municipios, precisamos nos unir de uma forma nacional pra lutarmos pelos nossos direitos e temos um salário base justo em nível nacional, unificando o salário base em um só no Brasil, pena que nos mesmos somos desuninos qdo se fala em lutar pelos nossos direitos!

  6. Isso e um piada terceirização foi o fim para vigilante hoje no tem segurança contrado direito pelos bancos como tinha na década de 90 e dava para ganhar um pouco a mais além do malditos sindicato que tira direito ex vspp 10 % sobre o piso e um operador de CFTV ganha mais que um vspp pois seu piso é 11.75 e o líder vigilante que e 12% que piada kkk e no transporte de valores tinha muita horas extras hoje e piso seco sem contar que os riscos aumentaram isso de terceirização fode todas as profissões em geral então parem com está piada de mal gosto

  7. Terceirização só precariza as relações de trabalho, trabalhamos desmotivados pois não temos acesso a serviços que os diretos tem, no meu posto de serviço sequer posso usar o refeitório, levo minha comida e se não estragar (pois não tenho acesso a geladeira) eu como fria (pois não tenho onde esquentar). E o pior é que fico ouvindo as empresas falarem que tem responsabilidade social. Sem falar que não temos convênio médico, odontológico, participação nos lucros etc…

  8. Olá bom dia! Infelizmente ninguém respeita nós vigilantes. Digo isso com propriedades, pois estava fazendo a segurança de uma agência do Itaú personalité próximo ao metro santa cruz, e um bombeiro da polícia militar, falou que eu era um burro, e um bosta, que vigilantes são todos uns bostas. Isso tudo , pq ele queria entrar mostrando a carteira de motorista na porta eclusa, e eu disse que ele precisava se identificar corretamente, há que ele queria fazer isso. Daí essa pessoa falou um monte de besteiras pra mim. Pra vcs verem o respeito que tem com a gente. Tentei reclamar na corregedoria da PM mas eles não querem saber de melhorar. Infelizmente somos discriminados.

  9. Muitos Vigilantes realmente nem sabe quem são, esse bosta desse bombeiro poderia receber voz de prisão por ofender é desrespeitar a regra do estabelecimento, o vigilante tem poder de polícia dentro do seu setor de trabalho,tem lei que lhe assiste,Mas muitos só sabem chorar e se auto discriminar, tá na razão, vai até o fim, esse bombeiro é um burro que não conhece a lei é quer sair carteirando por ai,o que já é um erro dele.

  10. Só tenho uma coisa a falar,vamos continuar sendo profissionais…porque tem uns e outros por aí,que se vc perguntar o que é a vareta do extrator,e o que é uma alça de mira ele(a) não saberá lhe responder,se vc perguntar o que é um cão,e riscado te responder que cao e cachorros de tão burros que são,então não obsolvem tudo que vcs ouvirem ou lerem deixem que falem,que critiquem,somos mais nos ok

  11. Aqui em SC o porteiro, sem curso nenhum, ganha praticamente a mesma coisa que o vigilante.
    Pensem comigo, antigamente quando o vigilante recebia risco de vida e o porteiro não valia a pena trabalhar de vigilante se fosse pensar no salário. Hj com o porteiro recebendo os mesmos 30% de risco de vida a profissão do vigilante foi por água a baixo. Aí eu pergunto; cadê o diferencial pelo vigilante ser um profissional de segurança, ser reciclado a cada 2 anos, se atualizar diariamente, trabalhar armado, ser treinado em artes marciais, entender e ser responsável pelos primeiros socorros, prevenção e combate a incêndio, entender de leis e se prontificar a todos os riscos pela incolumidade do cliente?
    É no mínimo injusto ele receber o mesmo salário que um porteiro que nem curso pra isso tem.

  12. Falou tudo guerreiro aqui no Piauí a polícia federal especialmente em Parnaíba não fiscalizam coisa nenhuma, os vigilantes sao humilhados, salários baixos demais e ridicularizados sindicato inoperante em todos os aspectos possíveis,então terceirização não é o caminho é sim uma união nacional de vigilantes e toda segurança privada, fora que não há um representante exclusivo da categoria no congresso nacional infelizmente estamos à mercê do risco de vida e do descaso da política e dos patrões lamentavelmente ..

  13. Na verdade mesmo com, as antigas leis e as atuais pseudas leis trabalhistas a uma má fé enorme!
    As empresas não respeitam o profissional.
    Não fazem o pagamento devido.
    Imaginem se ficar da forma que estão querendo.
    Isso é um perigo pois o vigilante é um profissional que trabalha arriscando sua vida e protegendo a de outros!
    Sem se contar o patrimônio.
    Então a de se pensar pando mal e não respeitando esse profissional.
    O que pode acontecer?
    Isso fazendo uma gestão de riscos.
    É uma vergonha querer desvalorizar uma categoria desta forma!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here
Enter the text from the image below