UNITAS LIX/2018: Em regresso ao Brasil, Navio Patrulha Oceânico “Apa” realiza visita as cidades de Georgetown e Belém

blank
Navio Patrulha Oceânico (NPaOc) “Apa” da Marinha do Brasil, durante sua visita a cidade de Georgetown, atracado no cais da Guarda Costeira da República Cooperativa da Guiana.

blankApós o encerramento da operação multinacional UNITAS LIX, realizado na região da Cartagena, Colômbia, o Navio Patrulha Oceânico (NPaOc) P 121 “Apa” da Marinha do Brasil, atracou na tarde do dia 16 de setembro, no cais da Guarda Costeira da República Cooperativa da Guiana. Esta foi a primeira vez em que, um NPaOc da Classe Amazonas visitou a cidade de Georgetown, capital daquele país. As características peculiares da navegação no rio Demerara, principal via de acesso marítimo à Guiana, impuseram desafios às equipes do Navio, em face das baixas profundidades observadas e restrição de manobras, conduzidas em estreito canal.

Além das reuniões com as autoridades locais, brasileiras e estrangeiras, e atividades de integração da tripulação com militares das Forças de Defesa da Guiana, foi oferecido um almoço a diversas autoridades, seguido de visita guiada ao navio. Segundo o Capitão de Mar e Guerra Gustavo Leite Cypriano Neves, Comandante do Grupo Tarefa do Brasil na UNITAS LIX/2018, a receptividade fraterna da maior autoridade militar do país, falando em nome do Presidente da República, representa o respeito para com o Brasil e suas instituições permanentes, pavimentando o caminho para a continuidade e aprimoramento dos intercâmbios entre os dois países.

De volta ao Brasil

blank
Navio Patrulha Oceânico (NPaOc) “Apa” atracado na Escadinha da Estação das Docas, ponto turístico da cidade de Belém-PA

Após o encerramento da UNITAS LIX,  e a passagem pela Guiana, NPaOc “Apa” teve como sua primeira parada em águas nacionais a cidade de Belém, no estado do Pará. O navio, atracou na Escadinha da Estação das Docas, ponto turístico da cidade, onde permaneceu aberto à visitação pública no dia 23 de setembro, ocasião em que o navio recebeu uma expressiva marca de 2.800 visitantes, aproximadamente.
 
Foi a primeira vez que um Navio Patrulha Oceânico da Classe “Amazonas” atracou no porto de Belém, também assim como havia ocorrido na Guiana. A visitação pública ai navio, foi uma oportunidade de apresentar à população paraense um importante meio operativo da Marinha do Brasil. Na ocasião, os visitantes puderam conhecer um pouco mais sobre a Força Naval, seus navios, seu pessoal e a vida de bordo. Ao pôr do sol, os visitantes puderam participar do Cerimonial à Bandeira.

*Com informações e fotos do 1º Distrito Naval

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here