USS Theodore Roosevelt(CVN 71) & Carrier Strike Group realizam exercício naval  conjunto com a Marinha da Índia

blank
O porta-aviões USS Theodore Roosevelt (CVN 71), frontal, o cruzador de mísseis guiados classe Ticonderoga USS Bunker Hill (CG 52), à direita, o míssil guiado da classe Shivalik da Marinha indiana fragata INS Shivalik (F47), à direita, e o destróier de mísseis guiados classe Arleigh Burke USS Russell (DDG 59), navegam em formação 28 de março de 2021. O Theodore Roosevelt Carrier Strike Group está em uma implantação programada para a 7ª Frota dos EUA área de operações. Como a maior frota da Marinha dos EUA, a 7ª Frota opera e interage rotineiramente com 35 nações marítimas enquanto realiza missões para preservar e proteger uma região Indo-Pacífico livre e aberta. Foto de Eduardo A. Torres/U.S. Navy.

Google News

O Theodore Roosevelt Carrier Strike Group (TRCSG) conduziu operações simultâneas conjuntas com a Marinha e a Força Aérea da Índia no Oceano Índico de 28 a 29 de março de 2021.

A integração conjunta é a chave para elevar a capacidade e a capacidade no domínio marítimo. O exercício de grande sucesso ocorreu na sequência da visita agendada do Secretário de Defesa Austin à Índia.

“Estou muito grato pela oportunidade de conduzir este exercício com a Marinha e a Força Aérea indianas”, disse o contra-almirante Doug Verissimo, comandante do Carrier Strike Group Nine. “Não apenas compartilhamos um desejo comum por um Indo-Pacífico livre, aberto e inclusivo, mas também compartilhamos valores comuns e tradições marítimas que tornam o treinamento em conjunto ainda mais significativo. Nosso valor juntos excede em muito o que podemos fazer individualmente para aumentar a segurança, a estabilidade e a prosperidade econômica por meio de nossa aplicação da ordem baseada em regras internacionais que beneficia a todos ”.

blank
INDIAN OCEAN (March 28, 2021) – An F/A-18 Super Hornet, left, assigned to Carrier Air Wing 11, flies in formation with an Indian Air Force Su-30MKI, center, and Jaguar over the Ticonderoga-class guided-missile cruiser USS Bunker Hill (CG 52) March 28, 2021. The Theodore Roosevelt Carrier Strike Group is on a scheduled deployment to the U.S. 7th Fleet area of operations. As the U.S. Navy’s largest forward-deployed fleet, 7th Fleet routinely operates and interacts with 35 maritime nations while conducting missions to preserve and protect a free and open Indo-Pacific Region. (U.S. Navy photo by Mass Communication Specialist 2nd Class Zachary Wheeler)

O exercício enfocou operações complexas, como guerra anti-submarina, operações aéreas combinadas e integração de comando e controle (C2). Demonstrou a capacidade das duas nações de operar juntas para promover uma visão comum do Indo-Pacífico, garantindo paz e estabilidade.

O USS Bunker Hill (CG 52) e seu esquadrão de ataque marítimo embarcado (HSM 75), o “Wolf Pack”, USS Russell (DGG 59) e USS Theodore Roosevelt (CVN 71) operaram com INS Shivalik (F 47) com helicóptero embarcado , Aeronaves de Patrulha Marítima (P-8I) do INAS 312 – “The Albatross”, e aeronaves da Força Aérea Indiana do Esquadrão nº 222 – “The Tigersharks”. As forças dos EUA e da Índia exerceram juntas perfeitamente em todos os domínios, demonstrando a compatibilidade de nossas plataformas e operações no mar e no ar.

blank
INDIAN OCEAN (March 28, 2021) – Two EA-18G Growlers, assigned to the “Gray Wolves” of Electronic Attack Squadron (VAQ) 142, fly in formation with an Indian Air Force Jaguar and two Su-30MKIs over the aircraft carrier USS Theodore Roosevelt (CVN 71) March 28, 2021. The Theodore Roosevelt Carrier Strike Group is on a scheduled deployment to the U.S. 7th Fleet area of operations. As the U.S. Navy’s largest forward-deployed fleet, 7th Fleet routinely operates and interacts with 35 maritime nations while conducting missions to preserve and protect a free and open Indo-Pacific Region. (U.S. Navy photo by Mass Communication Specialist 2nd Class Zachary Wheeler)

O TRCSG está em um desdobramento programado para a 7ª Frota dos EUA para ajudar a garantir a liberdade dos mares, construir parcerias que promovam a segurança marítima e conduzir uma ampla gama de operações que apóiam os esforços humanitários e atuam como dissuasão de ações potencialmente malignas.

O TRCSG consiste no USS Theodore Roosevelt (CVN 71), Carrier Air Wing (CVW) 11, o cruzador de mísseis guiados classe Ticonderoga USS Bunker Hill (CG 52), Destroyer Squadron 23 e os destruidores de mísseis guiados classe Arleigh Burke USS Russell (DDG 59) e USS John Finn (DDG 113).

A asa aérea embarcada de Theodore Roosevelt consiste nos “Tomcatters” do Strike Fighter Squadrons (VFA) 31, “Golden Warriors” de VFA-87, “Blue Diamonds” de VFA-146, “Black Knights” de VFA-154, “Liberty Bells “Do Esquadrão de Comando e Controle Aerotransportado (VAW) 115,” Lobos Cinzentos “do Esquadrão de Ataque Eletrônico (VAQ) 142,” Wolf Pack “do Esquadrão de Ataque Marítimo de Helicópteros (HSM) 75,” Eightballers “do Esquadrão de Combate ao Mar de Helicópteros (HSC) 8 e “Provedores” do Esquadrão de Apoio Logístico da Frota (VRC) 30 Destacamento 3.

blank
INDIAN OCEAN (March 28, 2021) – The aircraft carrier USS Theodore Roosevelt (CVN 71), left, the Ticonderoga-class guided-missile cruiser USS Bunker Hill (CG 52), center near, the Indian Navy Shivalik-class guided-missile frigate INS Shivalik (F47), center far, and the Arleigh Burke-class guided-missile destroyer USS Russell (DDG 59), sail in formation March 28, 2021. The Theodore Roosevelt Carrier Strike Group is on a scheduled deployment to the U.S. 7th Fleet area of operations. As the U.S. Navy’s largest forward-deployed fleet, 7th Fleet routinely operates and interacts with 35 maritime nations while conducting missions to preserve and protect a free and open Indo-Pacific Region. (U.S. Navy photo by Mass Communication Specialist 3rd Class Brandon Richardson)

A operabilidade do TRCSG na região apóia diretamente o plano de navegação do Chefe de Operações Navais para dominar as operações da frota em todos os domínios e exercícios com marinhas com o mesmo objetivo para aprimorar nosso coletivo força.

Como a maior frota avançada da Marinha dos EUA, a 7ª Frota dos EUA opera rotineiramente entre 50-70 navios e submarinos e 140 aeronaves com aproximadamente 20.000 marinheiros. A área de operação da 7ª Frota se estende por mais de 124 milhões de quilômetros quadrados, estendendo-se desde a Linha Internacional de Data até a fronteira Índia / Paquistão; e das Ilhas Curilas no Norte à Antártica no Pacífico Sul, proporcionando segurança e estabilidade à região. A 7th Fleet interage com 35 outras nações marítimas para construir parcerias que promovam a segurança marítima enquanto conduz uma ampla gama de missões para apoiar os esforços humanitários e defender as leis internacionais e as liberdades marítimas.

O USS Theodore Roosevelt partiu de San Diego para uma implantação programada no Indo-Pacífico em 23 de dezembro.

  • Fonte: U.S. Navy/U.S. 7th Fleet/USS Theodore Roosevelt (CVN 71) via redação Orbis Defense Europe.


Receba nossas notícias em tempo real nos seguindo pelos aplicativos de mensagem abaixo:

blank

Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail, é de graça!

Assista nosso último episódio: