Vídeo: U.S. Navy realiza teste bem sucedido de arma a laser embarcada em navio de assalto anfíbio (

Imagem do disparo de arma a laser (LWSD) embarcada no USS Portland - LPD-27. via U.S. Navy/U.S. Naval Institute.

A U.S. Navy liberou hoje imagens do teste de uma arma laser instalada no navio doca de assalto anfíbio USS Portland (USS Portland (LPD-27), San Antonio-class, amphibious transport dock ship), que neutralizou com êxito um veículo aéreo não tripulado (UAV) com um equipamento denominado “LWSD”, ou, Demonstrador do Sistema de Armas a Laser de Maturação por Tecnologia de Laser de Estado Sólido (LWSD) MK 2 MOD.

A U.S. Navy está atualmente desenvolvendo e testando um portfólio de armas a laser, algumas das quais são mais poderosas, mas adequadas apenas para navios com maior capacidade de geração de energia, como as docas de transporte anfíbio da classe San Antonio (LPD-17), mas que poderão ser instaladas em uma variedade maior de navios, incluindo o destróier da classe Arleigh Burke.

O LWSD é um demonstrador de sistema de armas a laser de alta energia desenvolvido pelo Office of Naval Research e instalado em Portland para uma ensaios no mar. O teste ocorreu em 16 de maio desse ano, mas somente agora as imagens foram autorizadas à divulgação pùblica.

O emprego operacional da LWSD em um navio da Frota do Pacífico é a primeira implementação em nível de sistema de um laser de estado sólido de classe de alta energia. O sistema a laser foi desenvolvido pela Northrup Grumman, com integração e testes completos de sistemas e navios, liderados pela NSWC Dahlgren e Port Hueneme.

Ao realizar testes avançados no mar contra VANTs e pequenas embarcações, a U.S. Navy obtem informações valiosas sobre as capacidades do Demonstrador do Sistema de Armas Laser de Estado Sólido contra ameaças em potencial”, disse o capitão Karrey Sanders, comandante de Portland.

A Marinha dos EUA desenvolve armas de energia direcionada (DEWs), para incluir lasers, desde os anos 60. DEWs são definidas como sistemas eletromagnéticos capazes de converter energia química ou elétrica em energia irradiada e focalizá-la em um alvo, resultando em danos físicos que degradam, neutralizam, derrotam ou destroem uma capacidade inimiga adversa.

Os navios da Marinha enfrentam um número crescente de ameaças na condução de suas missões, incluindo UAVs, pequenas embarcações armadas e sistemas de inteligência, vigilância e reconhecimento de adversários. O desenvolvimento de DEWs da Marinha, como o LWSD, fornece benefícios imediatos aos combatentes e oferece ao comandante um maior espaço de decisão e opções de resposta.

O Demonstrador do Sistema de Armas Laser de Estado Sólido é uma capacidade única que o Portland obtém para testar e operar para a Marinha, enquanto abre caminho para futuros sistemas de armas”, disse Sanders. “Com essa nova capacidade avançada, estamos redefinindo a guerra no mar para a U.S. Navy.

  • Com informações da U.S. Navy e U.S. Naval Institute via redação Orbis Defense Europe.


Receba nossas notícias em tempo real pelos aplicativos de mensagem abaixo:

 

Caso deseje conversar com outros usuários escolha um dos aplicativos abaixo:



Assine nossa Newsletter


Receba todo final de tarde as últimas notícias do DefesaTV em seu e-mail