VISITA  INSTITUCIONAL – Comandante  da  Aeronáutica  trata  de  cooperação  operacional  em  visita  aos  EUA

blank

blankNessa sexta-feira (20), o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, visitou o Pentágono americano, sede do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, em Washington (EUA). O Comandante se encontrou com o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea dos Estados Unidos, General Charles Q. Brown Junior. O americano é ex-comandante das forças aéreas centrais e ex-vice-Comandante do Comando Central estadunidense. A reunião visou estreitar laços institucionais.

Ainda em visita ao país americano, o Comandante da Aeronáutica participará, em Colorado Springs, do Space Symposium, principal encontro da comunidade espacial global. 

A cooperação bilateral entre os dois países é antiga e remete à Segunda Guerra Mundial. O objetivo da parceria é abrir caminho para que as duas forças aéreas desenvolvam futuros projetos conjuntos alinhados com o mútuo interesse das partes, abrangendo a possibilidade de aperfeiçoar ou prover novas capacidades militares.

Dentre os assuntos tratados, os Oficiais-Generais abordaram a cooperação operacional, aumentando a interoperabilidade entre os países, que deve ser ampliada com a chegada das primeiras unidades do novo caça brasileiro, o F-39 Gripen. O avião poderá participar, quando já operacional, da Red Flag, um avançado exercício de emprego do Poder Aéreo, realizado pela Força Aérea Americana, com países amigos, voltado para o treinamento no nível de blankUnidades Aéreas.

As autoridades também abordaram a possibilidade de aumentar a interconexão e o intercambio de pessoal, como a atuação conjunta de Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP), além de assuntos relacionados às áreas de ciência & tecnologia, e aeroespacial.

Exercício Conjunto (EXCON) Tápio – Um exemplo de cooperação entre as duas Forças Aéreas ocorrerá durante o EXCON Tápio. Neste sábado (21), duas aeronaves C-17 Globemaster da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) têm previsão de pousar na Base Aérea de Campo Grande (MS). Os aviões transportam dois helicópteros e efetivo americano que participarão do Exercício Conjunto Tápio 2021. A presença de nações amigas neste tipo de treinamento é uma oportunidade para o intercâmbio de experiências e desenvolvimento doutrinário da Força Aérea Brasileira (FAB), contribuindo para possíveis participações do País em missões previstas nos acordos de paz da Organização das Nações Unidas (ONU).


blank

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here